Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''HISTÓRIA''.

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • INSTAMC
    • Servidores
    • Regras
    • Equipe
    • Anúncios
  • GERAL
    • Fórum
    • Discord
    • Dúvidas
    • Sugestões
    • Dicas e Tutoriais
    • Youtube
    • Projetos
    • Off-Topic
  • DESIGN
    • Eventos
    • Exposições
    • Pedidos
    • Tutoriais
    • Outros
  • JORNAL
    • Anúncios
    • Matérias
    • Notícias
    • Histórias
    • Jornal do Player

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Discord


Localização


Nick


Clan


Interesses

  1. A pedido dos meus fãs (eu convencida? ! jamais!) aqui está o Chapter two. Aprecie esta linda maravilha do mundo literário. PS: amo ocêis: Montibeller, yDobby, Knazinha, Skinzin e ZeGamer_PT, meus fãnzis <3 PS again: mudei as duas fontes que utilizava, caso não tenham gostado e queiram que eu mude para as anteriores ou busque novas, responde namoralz pra ajudar e fortalecer a amizade <3 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------ -Oi, Niccolas, tudo bom? Meu nome é Safira e sou a delegada encarregada do caso que aconteceu no teu colégio, eu estou pegando depoimentos para saber o que aconteceu. Peço que colabore. -Por que eu tô aqui!? O que vocês querem?! Eu não fiz nada!!! Chapter II -Olha lá, é o novo menino que foi transferido. -Parece perdido. Eu até ajudaria se não fosse da ralé rsrsrs. Porque estão me olhando torto? Será que eu tô feio? Sujo? Meu cabelo tá desarrumado? Acho melhor eu ficar quieto aqui antes cochichem mais. O restante dos alunos chegaram e todos eles passaram olhando para Dionnes. Para eles, era como o pobre coitado fosse uma nota de 2 num bolo de 100. -Bom dia alunos, hoje temos um novo aluno, o Dionnes. Gostaria de se apresentar? -Érr... humm. -Ala, já tá amarelando. -Meu nome é Dionnes Capriny, tenho 17 anos e é isso. -Bem turma, espero que ele seja bem-vindo aqui e que seja respeitado. Abram na página 12 por favor. Dionnes, acho que você não pegou seus módulos ainda, vá na sala do diretor e peça. Dionnes saiu naquele corredor vazio, totalmente perdido procurando a sala do diretor. Ele estava procurando, até se esbarrar numa menina. -Aiii, olha pra onde and... Oi, qual seu nome? Nunca te vi por aqui -Meu nome é Dionnes, eu sou aluno novo. E você? Qual teu nome? -Cassandra Fiuza. Ah não, era uma da família Fiuza, a família mais corrupta da atualidade. Ouvi dizer que a família dela é responsável pelo desabamento da antiga escola, parece que desviaram verba ou algo assim. -Belo nome, é italiano? -Não, espanhol. Mas o que você tá fazendo aqui? Já tem aula hora dessas. -Tô procurando a sala do diretor, sabe onde fica? -Terceira escada, a direita. -Valeu, a gente se vê por aí. Apesar de Cassandra ser da família Fiuza, ele não se importou. Conseguia apenas pensar na beleza e inocência daquele puro rosto. Sabia que nunca iria ter chance, mas iria vê-la todos os dias. Sala do diretor Garzia, é aqui.
  2. A dor que você não via - Parte 1 "Gostaria de compartilhar um pouco dessa aura melancólica que sempre temos, certo? Porquê não demonstrar o quanto ela pode doer? Boa leitura." ========================================================================================================= Ver o teto com o gosto amargo na boca, olheiras nos olhos, além de estar com a pergunta "Porquê eu não sumi?" ecoar na cabeça, é algo diário e normal para mim. Fui em direção ao banheiro lavar um pouco o rosto, não posso ficar assim, afinal de contas, esse é outro dia, posso fazer amizades, certo? Eu deveria estar feliz, certo? Mas não estou, eu me cansei de ter uma vida como a minha. Encarei minhas mangas quase mostrando meus pulsos com cortes, coloquei ela mais para baixo e fui trocar de roupa. Porquê os moletons não estão escuros o bastante? Porquê ainda não achei uma única porta aberta para mim? Porquê a minha vida está mais escura do que minhas roupas? Várias perguntas com nenhuma resposta. Esse pensamento agoniante me deu uma ansiedade forte, tomei um remédio que tinha ali e tomei, enchendo um copo d'água e bebendo-o logo depois. -"Filha." -ouvi minha mãe me chamar da sala, ela estava séria, não parecia um bom sinal. -"Diga." -falei, engolindo seco em seguida e me sentando ao seu lado do sofá. -"Suas notas estão piorando, anda acontecendo algo?" -essa não, o que eu digo pra ela? "Oi mãe, eu tenho depressão, me corto e por causa do meu corpo em crescimento minhas roupas e mangas estão encolhendo, então meus pulsos aparecem. Posso ir pra escola?", não, com certeza não. -"Vou estudar... só ando meio distraída um pouco, juro que vou melhorar. -mentira. Dei um sorriso amarelo e minha mãe um sorriso honesto, dei um beijo na sua bochecha, peguei minha mochila e saí em direção á escola. -"Tenho que ir, tchau mãe!" Vi minha mãe acenar e continuei o rumo. Os casais e grupos de amigos andavam nas mesmas ruas que eu, dei um suspiro e subi os degraus para o portão. Esse sentimento, o que é? Deja vú? Nostalgia? Sempre subo aqui, mas nunca tive essa sensação. Ignorei esse pensamento e adentrei a escola, cheguei na minha sala e esperei o sinal da aula tocar, coloquei os fones e ouvi qualquer música na minha playlist. Vi o professor e um garoto que nunca vi entrarem na sala. -"Temos um novo aluno conosco a partir de hoje." -Prof. Connor -baixinho pra caramba- falou. A única coisa que pude pensar na hora era; Mais alguém pra infernizar minha vida. ================================================================================== Gostaram? Comentem aí :v bjs de paçoca ~
  3. Anjoh

    HISTÓRIA The Liars #1

    Faltavam duas semanas para voltar as aulas. Luke, Taylor, Mark, Killian e eu estávamos passando os últimos dias das férias de verão na casa de praia de James. Mesmo eu não gostando muito do James, fingia suportá-lo para nenhum dos meus amigos desconfiar o que havia acontecido, assim como ele também fazia, acredito eu. Nosso grupo era bastante variado, cada um tinha suas qualidades: Luke era o inteligente, tudo referente à tecnologia era com ele mesmo, sua família, os Mannigs, eram destaque neste quesito. Killian, por sua vez, era o mais desleixado da turma, não tinha planos para o futuro, vivia a vida adoidado. Mark era o artista, adorava cantar e compor suas músicas, ganhava todos os concursos musicais que participava, era muito talentoso. Taylor era o vaidoso, só andava com roupas da moda e era o atrasado da turma, levava horas se arrumando, metrossexual de carteirinha. Killian era o pegador, já namorou inúmeras pessoas, o famoso Zé Droguinha. E eu, o líder do grupo, o que tinha proporcionado nossa amizade e, também, um ótimo mentiroso. Por mais que fôssemos muito unidos, haviam muitos segredos entre nós, era eles que nos reuniam. Eu sabia que isso não era legal, mesmo eu sendo o mais misterioso da turma. Todos confiavam em mim, quando precisavam desabafar, era eu que procuravam, sabia de tudo da vida deles, mas ninguém sabia da minha. Às vezes eu usava isso para fazer discórdias entre eles, mas mesmo assim eles continuavam confiando em mim, achavam que aquilo era apenas para rolar mais confiança no grupo, mas eu não pensava exatamente assim. Quando estávamos para ir embora da casa de James, resolvemos ir pela última vez na praia. O sol estava lindo, então fomos colocar nossas roupas de banho em alguns banheiros que tinha ali. Os banheiros eram separados um do outro, cada um ficava em um canto, então combinamos um local de encontro, quando um terminava, ia lá para esperar o outro. Todos haviam terminado e estavam ali, exceto James que não chegava nunca. Depois de um bom tempo esperando, fomos atrás dele. Foi aí que os problemas começaram... Logo:
  4. Erik_

    HISTÓRIA A porta mágica #3

    A PORTA MÁGICA Olá, nos capítulos anteriores Lívia e seus amigos foram sequestrados pelo aterrorizante Kenon o homem malvado, dono da floresta e com isso apenas dois amigos de Lívia conseguiram fugir e um foi pego junto com Lívia e foram levados para uma jaula tenebrosa, mas os dois amigos que conseguiram fugir do acontecido foram pedir ajuda na vila, mas o que não esperaram foi que á floresta era amaldiçoada e fazia com que os amigos de Lívia não conseguissem sair da floresta e que teriam que enfrentar diversas criaturas fantásticas, Zeca e Patrick correram muito a procura de ajuda, mas o que não esperavam era que encontrassem um homem fantasiado de palhaço, mas o que realmente não esperavam é que o palhaço era capanga do Kenon, isso quer dizer que o palhaço é do mau e quer pegar Zeca e Patrick, Zeca sabia que não era coisa boa e o saiu correndo pra muito longe e no meio do caminho encontrou uma casa com seres dentro da casa. Com o ocorrido de Zeca, o palhaço sequestrou Patrick e levou para dentro de uma casa abandonada, Patrick o gritou muito, mas dentro da casa que Patrick estava fazia com que Patrick se sentia doente e fraco. Enquanto o palhaço corria atras de Zeca, Zeca achou um pequeno lar e bateu na porta e o falou: - Tem alguém em casa ? Alguém.. ? O morador da casa falou: - Quem é ? Saia, se encostarem a mão nos meus filhos novamente juto que irei matar vocês.. Zeca o falou: - Olá, eu sou Zeca e meus amigos estão em perigo, por favor ! Nos ajude, tem um palhaço e um homem chamado Kenon e eles estão com meus amigos, por favor, ajude eu e meus amigos a se escaparem dessa, por favorrr.. !! Disse o morador: - Meu pobre menino não deviam estar sozinhos nesta floresta, ainda mais neste floresta, irei ajudar vocês, eu e meus filhos a gente nunca conseguimos sair dessa floresta, ainda mais quando tem dois caras malvados querendo nos matar, ontem a noite o cara que você falou em palhaço veio e bateu nos meus filhos, eu já sou de idade e não consegui fazer nada, mas o que eles não sabem é que eu tenho um armazém de armas brancas e armas de fogo, mas nunca da tempo de pegar porque se verem, irão me matar na frente de meus filhos, preciso de ajuda de vocês para deter eles. Zeca respondeu: - OK, eu irei te ajudar, mas qual o seu nome ? Respondeu o morador: - Meu nome é Jack, são quantos dos seus amigos ? Tenho um bom magnífico plano. Após Zeca e Jack discutirem sobre o plano para deter os vilões da floresta, decidiram a pegar o Patrick do terrível palhaço, mas o que vai acontecer no próximo capítulo ? Será que vão conseguir salvar Lívia e seus amigos ? Isso tudo no próximo capítulo de A Porta Mágica. E se você quer saber mais sobre á aventura de Lívia e seus amigos e a Porta Magica, espere pelo próximo capítulo de A Porta Mágica.Espero que gostem e até a próxima. Capítulo Anterior <--
  5. Erik_

    HISTÓRIA A porta mágica #2

    A PORTA MÁGICA Olá, no capítulo anterior Lívia e seus amigos foram sequestrados pelo aterrorizante Kenon o homem malvado, dono da floresta e com isso apenas dois amigos de Lívia conseguiram fugir e um foi pego junto com Lívia e foram levados para uma jaula tenebrosa, mas os dois amigos que conseguiram fugir do acontecido foram pedir ajuda na vila, mas o que não esperaram foi que á floresta era amaldiçoada e fazia com que os amigos de Lívia não conseguissem sair da floresta e que teriam que enfrentar diversas criaturas fantásticas. Os dois amigos de Lívia chamados Zeca e Patrick correram á uma longa distancia á procura de ajuda, mas pela frente havia um homem, Zeca ficou com muito medo do homem, pois o homem esta fantasiado de palhaço assassino. O Palhaço falou: Palhaço - Quem são vocês ? O que fazem neste lugar sombrio e assustador ? Patrick respondeu: Patrick - Nós precisamos de ajuda! nós temos dois amigos chamados, Lívia e João, eles estão em apuros, um homem o sequestrou eles e levou para sua casa, enfim acho melhor nós já irmos indo. Palhaço - Ora, mas já estão indo cedo ? Nem nos divertimos, que tal tomar um café na minha casa ou umas balinhas, em ? Zeca respondeu: Zeca - NÃOO.. Patrick, vamos embora agora, ele é um mostro não acredite nele !! Patrick - Não, ele vai nos ajudar ! Zeca com muito medo do palhaço ficou com muito medo e correu para longe, Patrick ficou assustado e correu atras, mas o Palhaço o falou: Palhaço - MENINO, venha aqui já ! Ele não vai pra muito longe, relaxa ele já volta.. Patrick - Mas.. ele vai se perder, ajude ele. Palhaço - Eu já falei que não, vem agora seu menino mau. O Palhaço pegou Patrick e o prendeu em uma casa de palha sombria, o palhaço foi atras de Zeca, mas Zeca já estava muito longe, Patrick estava muito assustado com o ocorrido e começou a gritar pedindo socorro, o palhaço saiu á procura de Zeca com um machado, o palhaço chamou amigos para procura de Zeca. Zeca ao longo da corrida achou um abrigo com algumas pessoas dentro, mas.. isso só no próximo capítulo. Será que Zeca vai se escapar dessa e achar pessoas boas ? Será que Patrick vai conseguir sair da casa do palhaço e procurar ajuda ? Será que Lívia e João vão se escapar de Kenon o dono da floresta o magnífico aterrorizante ? Será que eles vão achar a Porta Mágica depois de tudo isso ? E se você quer saber mais sobre á aventura de Lívia e seus amigos e a Porta Magica, espere pelo próximo capítulo de A Porta Mágica. Espero que gostem e até a próxima.
  6. <p style="text-align:center;"><img alt="5h7N4aq.png" src="https://i.imgur.com/5h7N4aq.png" /></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;">Após o terrível acontecimento, Johnson, Jimmy e Kalel seguiram em frente para descobrir um pouco mais sobre a lua misteriosa.</span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Então... é isso? Estamos presos e nem sabemos se existe vida aqui?</span> [Jimmy]</span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Bom, pelo menos nós estamos vivos né...</span> [Johnson]</span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Vocês dois, parem de falar e venham aqui, achei uma caverna e pelo jeito tem algo vivo... </span>[Kalel]</span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Já estou com a pistola carregada, qualquer ataque desprevenido já toma uma!</span> [Johnson]</span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="color:#696969;"><strong><span style="font-size:18px;">CRACKKKKKKKK!!!</span></strong></span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">O QUE FOI ISSO?</span> [Johnson]</span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">PARA DE FAZER BARULHO JIMMY.</span> [Kalel]</span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">MAS NÃO FUI EU!</span> [Jimmy]</span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:14px;"><strong><span style="color:#008080;">Façam silêncio... não estamos sozinhos...</span> [Johnson]</strong></span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="color:#696969;"><strong><span style="font-size:18px;">GGGGGGGGrrrrrrr</span>rrrrrr<span style="font-size:18px;">RRR!!!</span></strong></span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="color:#008080;">Que tipo de ser é esse? Isso é o rugido dele ou ele está morrendo?</span> [Jimmy]</span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="color:#008080;">Carreguem suas armas e vamos em frente!</span> [Kalel]</span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="color:#008080;">Eu vou na frent... </span>[Jimmy]</span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">CUIDADO JIMMY! ELE ESTÁ EM CIMA DE VOCÊ!</span> [Johnson]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">O que? AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!</span> [Jimmy]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">NÃO JIMMY!!!!!!!! </span>[Johnson]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">VOCÊ VAI PAGAR POR ISSO!</span> [Kalel]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">AAAAAAAAAAAAH, SOCORRO, ELE ESTÁ ME ENGOLINDO!</span> [Kalel]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="color:#696969;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;">GRRRRRRrrrrrrrrrR!</span></span></span></strong></span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">PUXE MINHA MÃO KALEL! </span>[Johnson]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">EU VOU JUNTO COM VOCÊ</span>. [Kalel]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">NÃO, SE AFASTE E ME DEIXE SOZINHO, ESTOU MANDANDO!</span> [Johnson]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">NÃO VOU DEIXAR VOCÊ SOZINHO, VOU ATRÁS SEMPRE! </span>[Kalel]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Se você não irá se afastar, eu irei fazer isso a força. </span>[Johnson]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Nãooooooooooo! </span>[Kalel</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="color:#696969;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;">BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM!</span></span></span></strong></span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;"> Johnson... Jimmy... Snif, por quê fizeram isso... </span>[Kalel]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="color:#696969;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;">Grrrr...</span></span></span></strong></span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">ELE ESTÁ VIVO AINDA?</span> [Kalel]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;">Assim Kalel correu para a nave tentando encontrar capsulas de armazenação para retirar seu DNA com a siringa e guardar dentro da capsula.</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">EU VOU CONSEGUIR, EU NÃO VOU MORRER ATÉ CHEGAR LÁ!</span> [Kalel]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;">Enquanto Kalel corria, o terrível monstro corria desesperadamente em sua direção, quando Kalel chegou lá, retirou a pequena nave reserva e pegou as capsulas de armazenação restantes.</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Adeus a todos, um dia este pequeno DNA se formará, e será criado um ser que fará a maior diferença da raça humana...</span> [Kalel]</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;">Assim, Kalel ejeta a siringa em seu corpo, retira, guarda na capsula e coloca dentro da nave com a contagem de partida para o planeta sonhado por todos... após milhares de anos, a população humana cresceu e se estabeleceu naquele grande planeta, e todos idolatram a grandeza dos três salvadores de sua raça.</span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="font-size:14px;"><span style="font-size:18px;"><img alt="6VTDe8r.png" src="https://i.imgur.com/6VTDe8r.png" /></span></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;color:rgb(0,0,205);">Logo: </span></strong></p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="color:#696969;">Enrendo: @DoonJ</span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"><strong><span style="font-size:18px;"><span style="color:#696969;"><img alt="6VTDe8r.png" src="https://i.imgur.com/6VTDe8r.png" /></span></span></strong></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p><a data-ipb="nomediaparse" href="https://www.instamc.com.br/forum/topic/41148-lost-world-3/"><strong><span style="font-size:18px;">< Capítulo Anterior.</span></strong></a></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p>
  7. DoonJ

    HISTÓRIA Lost World #3

    Após a queda na lua misteriosa, passou a fumaça e começou os sinais se há vida ou não... Cof Cof... o que aconteceu? Onde está todo mundo? [Johnson] AAAAAAAAAAAAAAAH! MINHA PERNA... QUE DOR! [Jimmy] CADE VOCÊ? ESTOU INDO JIMMY! [Johnson] Ah que dor... Deus me ajude! [Jimmy] Me de sua perna, vou passar um creme e enfaixar ela. [Johnson] PARA! PRECISA ARDER TANTO ASSIM? [Jimmy] Aguente, ou você quer morrer? Melhor estar ardendo do que estar morto. [Johnson] Passou-se algumas horas mas Jimmy voltou a se recuperar. Você viu Kalel? [Jimmy] MEU DEUS!!! É VERDADE, ONDE ELE ESTÁ? AGORA DEVE ESTAR MORTO MEU DEUS DO CÉU... [Johnson] Ei... tá sentindo este cheiro de fumaça? [Jimmy] Sim!!! Tem uma fogueira logo ali, vamos ver. [Johnson] Ué, quem será que fez isso? Está tão planejado... não tem como ser natural. [Jimmy] Olha quem vemos aqui... [Kalel] KALEL!!! [Jimmy/Johnson] Que foi? Vocês nem para me procurarem, tive que pegar resto da nave e cuidar dos meus ferimentos sozinhos... Hum [Kalel][/center] Achou algum sobrevivente na nave? [Johnson] Não, apenas vi partes de corpo e sangue por todo lado... é uma pena de sobrar apenas nós. [Kalel] Uma pena? UMA PENA? VOCÊ TEM NOÇÃO QUE A GENTE É OS 3 ÚLTIMOS SERES DA NOSSA ESPÉCIE? E VOCÊ FICA CALMO ASSIM? [Jimmy] Ué, o ruim já rolou, não podemos voltar atrás, apenas seguir em frente e tentar fazer melhor do que antes... [Kalel] Bom, agora que já nos encontramos, vamos descobrir deste lugar estranho, sobreviver e esperar o futuro que nos espera... [Johnson] Então os 3 jovens saíram procurando comida e se preparem pelo o que vem pela frente... Logo: Enrendo: @DoonJ < Capítulo Anterior.
  8. DoonJ

    HISTÓRIA Lost World #2

    <p class="bbc_center"><img alt="5h7N4aq.png" src="https://i.imgur.com/5h7N4aq.png" /></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;">Quando a partida foi dada, todos estavam inconscientes em suas plataformas, menos Jimmy, Johnson e Kalel, estavam monitorando a nave para caso houvesse algum problema na nave ou em uma plataforma de alguém, estivessem acordados para arrumar o erro.</span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;">Após 5 anos da partida, se prepararam para se deitarem em suas plataformas até o dia do destino, estava tudo ocorrendo bem, porém, houve uma chuva de meteoros e um pequeno meteorito acabou atingindo no sistema da plataforma de Jimmy, a máquina parou de funcionar e logo depois ele começou a acordar.</span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(128,128,128);">Então Jimmy começou a falar com si mesmo:</span></span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Ahn? O que aconteceu? Que dor de cabeça cara... será que já chegamos? Está um silêncio... </span></span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Ei, pera aí... todos estão dormindo ainda! Se eu acordei era para todos estarem pelo menos abrindo os olhos já que chegamos no destino, o que será que aconteceu? </span></span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Ué, está tudo bem no sistema de outras plataformas... pera, na minha pelo jeito o sistema parou de funcionar por algum erro, vou verificar tudo pela nave. </span></span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Eh, pelo jeito não há nada no sistema, só se um meteorito acertou no sistema circuito de baixo da nave... se for isso, tenho que verificar rápido ou o problema pode piorar e acabar fazendo a nave explodir ou arruinar os painéis de controle! </span></span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Vou acordar Johnson e Kalel para me ajudarem a verificar a nave por fora, sozinho não vou conseguir mesmo! </span></span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(128,128,128);">Após um tempo depois, Johnson começou a acordar:</span></span></p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Ah... chegamos??? Ninguém está acordado, só eu... como assim? </span></span><span style="font-size:18px;">[Johnson]</span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Acorde Johnson! Preciso da sua ajuda para verificar fora da nave, sozinho não vou conseguir! </span></span><span style="font-size:18px;">[Jimmy]</span></p> <p> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Ué, por quê só você, eu e... pera, onde está o Kalel? A plataforma dele está vazia... </span></span><span style="font-size:18px;">[Johnson]</span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Ah, ele está ali na sala resmungando por eu ter acordado ele, ele disse que estava em um sonho maravilhoso e eu do nada chego e acordo ele sem motivo... bom, não temos tempo para isso, vamos rápido, não temos muito tempo. </span></span><span style="font-size:18px;">[Jimmy]</span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#696969;"><span style="font-size:18px;">Então Johnson e Jimmy vestiram seus trajes e saíram para fora da nave. </span></span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Pronto, está tudo certo. Já consertamos tudo! Agora é só escalar a corda e... AAAAAAAAAAAAAH, O QUE É AQUILO VINDO NA NOSSA DIREÇÃO? </span></span><span style="font-size:18px;">[Jimmy]</span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">CORRE, PELA LUZ É UM ASTEROIDE! PEQUENO MAS JÁ BASTA PRA MATAR A GENTE E A NAVE! </span></span><span style="font-size:18px;">[Johson]</span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#696969;"><span style="font-size:18px;">Então os jovens começaram a gritar por Kalel para ajuda-los. </span></span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">E então? Já deu né? Venham logo porque não vou controlar a nave sozinho não! </span></span><span style="font-size:18px;">[Kalel]</span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Pronto! Agora vamos rápidos que não temos muito tempo!!! </span></span><span style="font-size:18px;">[Jimmy]</span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Tenta desviar para o lado, e não recuar para trás! </span></span><span style="font-size:18px;">[Johnson]</span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Boa ideia! Está quase lá... </span></span><span style="font-size:18px;">[Jimmy]</span></p> <p> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">VAI RÁPIDO, ELE ESTÁ CHEGANDO! </span></span><span style="font-size:18px;">[Kalel]</span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">ESTÁ MÁQUINA É MUITO DEVAGAR, VAI RÁPIDO SUA LATA VELHA! </span></span><span style="font-size:18px;">[Jimmy]</span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">VÃO PARA AQUELE LADO, RÁPIDO! </span></span><span style="font-size:18px;">[Kalel]</span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(128,128,128);">CraaaaaaaaSShhhhhhhhhhh!!!!</span></span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Estão bem? </span></span><span style="font-size:18px;">[Jimmy]</span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Eu estou, já não sei o Kalel. </span></span><span style="font-size:18px;">[Johnson]</span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Eu machuquei o braço! Mas depois eu coloco um braço de ferro e depois de umas horas já estou curado. </span></span><span style="font-size:18px;">[Kalel]</span></p> <p> </p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Bom, vamos então retomar o controle e voltar... pera, o painel não está funcionando!!! </span></span><span style="font-size:18px;">[Jimmy]</span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(128,0,0);">ALERTA! ALERTA! ERRO NA CAIXA DE MEMÓRIA E MOTOR DA NAVE!</span></span></p> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(128,0,0);">DESLIGAMENTO DA NAVE EM 5 MINUTOS!</span></span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">ENTREM NAS CAPSULAS DE EMERGÊNCIA, LIGA O ESCUDO NAS PLATAFORMAS! VAMOS CAIR LOGO LOGO.</span></span></p> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">EU CONSEGUI COLOCAR A NAVE PERTO DE UMA ATMOSFERA DE UM PEQUENO PLANETA ISOLADO, SE FOR DESLIGADA IREMOS CAIR! </span></span><span style="font-size:18px;">[Johnson]</span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(128,0,0);">DESLIGAMENTO DA NAVE EM 5, 4, 3...</span></span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">VENHA KALEL, RÁPIDO!!! ENTRA NA CAPSULA DE EMERGÊNCIA! </span></span><span style="font-size:18px;">[Jimmy]</span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Espera, vou pegar meu capacete. </span></span><span style="font-size:18px;">[Kalel]</span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(128,0,0);">3, 2, 1...</span></span></p> <p class="bbc_center"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Aí, consegui. </span>[Kalel]</span><br /> </p> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(128,0,0);">DESLIGAMENTO DA NAVE AUTOMÁTICO EXECUTADA COM SUCESSO!</span></span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(128,128,128);">ZuuuuuuuuuuuUUUUUUUUUUUUUUUUuuM!</span></span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(128,128,128);">BoooooooOOOOOOOOooooooMMMMM!</span></span></p> <br /> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;">Após o desligamento da nave, nada se via na queda dentro do planeta além de poeira e fogo, e isso era apenas o início dos problemas...</span></p> <p class="bbc_center"><img alt="Resultado de imagem para imagens foguete artemis NASA" src="https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTG_Pf76d8dzKIgvY8-A1pDu2KI0b4H0haSq4HDGGcdROcDFFyRzA&s" /></p> <br /> <p class="bbc_center"><img alt="6VTDe8r.png" src="https://i.imgur.com/6VTDe8r.png" /></p> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(0,0,255);">Logo: @Anjoh</span></span></p> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(105,105,105);">Enrendo: @DoonJ</span></span></p> <p class="bbc_center"><span style="font-size:18px;"><span style="color:rgb(105,105,105);"><img alt="6VTDe8r.png" src="https://i.imgur.com/6VTDe8r.png" /></span></span></p> <p><a class="bbc_url" data-ipb="nomediaparse" href="https://www.instamc.com.br/forum/topic/40773-lost-world-1/"><span style="font-size:18px;">< Capítulo Anterior.</span></a></p>
  9. DoonJ

    HISTÓRIA Lost World #1

    Em uma cidade de Growdon, na região onde se localizava o antigo EUA, no ano 5643, havia uma sede chamada ISA (International Space Agency), onde era formado vários grupos, um deles, o principal de todos, era SOF (Study of exoplanets), que era formado por três brilhantes cientistas. O primeiro, Johnson, que por mais de suas atrapalhadas, sempre conseguia descobrir uma coisa incrível. O segundo, Jimmy, que sempre estava criando invenções inovadoras e era formado em Vaward, uma das maiores faculdades do mundo inteiro. E por último, Kalel, um cara sempre perdido nas situações e preguiçoso, porém, quando estava a fim de fazer algo, ninguém parava sua mente brilhante. A Terra era um verdadeiro caos... conflitos de clima, solo radioativo, estava completamente impossível de viver como os tempos antigos, todos foram obrigados a viver em ilhas cobertos com globos climáticos que era controlado por um painel do governo, então a chuva ou luz do sol não era problema, todos os países haviam o mesmo padrão, globo central com túneis ligando a ilhas pequenas. O mundo estava tão destruído que apenas 254 milhões de humanos sobreviveram ao impacto de poluição e meteoros. Por mais de todos os problemas, não haviam conflitos políticos e econômicos, todos tinham um cartão gratuito para comprarem tudo o que necessitavam. Nesta situação, o grupo formado de Jimmy, Johnson e Kalel tomaram a iniciativa de achar um exoplaneta parecido com a Terra mais próximo possível, para evacuar toda a população o mais rápido possível, pois sabiam que todos os humanos não iriam sobreviver tanto tempo no inferno que estavam, que um dia, era um planeta azul e verdinho com ar fresco e vida. Assim, o grupo pesquisou por 3 anos e nada. Era mais um dia inútil de pesquisa, todos com suas xícaras de café estudando o mapa estelar. Pera, o que é isso?! UM PLANETA QUE PARECE TER UMA DISTÂNCIA RAZOÁVEL PARA VIDA DE SUA ESTRELA!!! EU CONSEGUI, EU ACHEI A SALVAÇÃO DE NOSSO POVO! O QUE??? VOCÊ DISSE O QUE??? Então o grupo desesperado começou a espalhar rapidamente pela sede, e que, dentro de uma semana já era notícia no mundo inteiro. Dentro de 10 anos de trabalho duro criando a nave MD - 14 Lightolt para evacuar a população inteira para o exoplaneta 3006.16 JK Velt, finalmente terminaram sua invenção... depois de 5 anos para configurar a nave inteira, conferindo a quantia de gasolina que seria usada, conseguiram evacuar o planeta inteiro que restou para ser dada a partida, inclusive foram pegos animais para serem procriados no exoplaneta, assim que todos já estavam na nave, foi dada a partida... mal sabiam os terráqueos que estavam em direção à uma extinção em massa... [Traduções] [Jimmy] [Johnson] [Kalel] Créditos: Logo @Anjoh Obrigado todos que leram até aqui, e espero que vocês me acompanhem nessa incrível jornada, até o próximo capítulo ;)!
  10. DoonJ

    HISTÓRIA Virtual Reality #2

    <p style="text-align:center;"><img src="https://i.imgur.com/NshILg4.png" /></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;">Mesmos desconfiados, os jovens seguiram em frente em busca da escada paralela</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Bom, vamos a caminho da escada?</span> - Disse Josh.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Não sei, você confia mesmo na voz misteriosa? Afinal, nem sabemos o que é aquilo.</span> - Respondeu James.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Não temos nada a perder...</span> - Retrucou Josh.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;">Então os jovens foram caminhando em uma trilha onde possivelmente estaria a escada paralela. Passaram-se horas caminhando e nada, apenas gramas e insetos alguns insetos estranhos.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">James, olha ali!!! Um portão gigantesco!!!</span> - Exclamou Josh.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Vamos lá!!!</span> - Respondeu James.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;">De repente a voz misteriosa novamente se manifestou:</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="color:#696969;"><span style="font-size:18px;">Não existe uma chave para esta porta, pelo menos não uma concreta. Você terão que abrir ela com a mente, boa sorte!</span></span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Como assim com a mente?</span> - Perguntaram os amigos.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;">Mesmo sem respostas, começaram a procurar pistas ao redor do local. Tentaram várias coisas para fazer aquilo abrir, usaram força da mente, "abra de sésamo" e nada.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Talvez tenhamos que imaginarmos nós no próprio local... Feche seus olhos e imagina que está lá.</span> - Falou Josh</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;">Então os 2 amigos deitaram no chão e começaram a pensar em como poderia ser o lugar.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">Onde estamos? Deu certo?</span> - Se perguntavam os dois.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;">O local era cheio de portas, dentro de cada uma havia uma escada, mas apenas uma era a correta. Quanto mais demoravam, a torre ia se desfazendo, era muito antiga, estava praticamente desmoronando. Confusos, começaram a olhar desesperadamente ao redor tentando avistar onde seria a porta correta. Todas eram iguais, exceto uma isolada que ao contrário das demais, não tinha maçaneta, tinha apenas que empurrar. Então eles concluíram que ela seria a certa.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;">Ao descer as escadas, os 2 guerreiros foram levados para uma caverna escura, lá havia mais 3 portas e uma placa com o seguinte enigma:</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><em><span style="font-size:18px;">"Como vocês podem ver, existem 3 portas. Todas te levam para o mesmo destino, porém, os obstáculos são diferentes em cada uma delas. Na porta 1, existe um dragão gigante de 3 cabeças que matariam vocês em instantes. Na porta 2, existe uma lupa imensa que reflete o sol para todo lugar, se chegarem perto, serão queimados em segundos. Na porta 3, existem morcegos que sugariam todo o sangue de vocês facilmente. Qual a porta vocês devem entrar? Boa sorte".</span></em></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;">Josh era muito bom com lógicas, então logo soube a resposta.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;"><span style="color:#008080;">James, me empreste seu relógio.</span> - disse ele.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;">O amigo sem entender nada deu imediatamente para ele. O relógio marcava 22:45 horas, então ele disse:</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;">[spoiler = <img alt="Resultado de imagem para imagens Gateway NASA" src="data:image/jpeg;base64,/9j/4AAQSkZJRgABAQAAAQABAAD/2wCEAAkGBxMTEhUTEhMWFhUXGRsbGBgXGRkZIBgbFxsaHxoYHRgaICggGholGxgXIjEhJSkrLi4uGB8zODMsNygtLisBCgoKDg0OGhAQFy0lHyUtLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLS0tLf/AABEIAKcBLgMBIgACEQEDEQH/xAAbAAACAwEBAQAAAAAAAAAAAAACAwEEBQAGB//EADoQAAEDAgMGBQMDAwMFAQEAAAECESEAMQNBUQQSYXGBkQUiobHwE8HRMkLhBlLxFGKCI3KSstIHM//EABgBAQEBAQEAAAAAAAAAAAAAAAABAgME/8QAHxEBAQEBAAIDAQEBAAAAAAAAAAERAiExAxJBUQQi/9oADAMBAAIRAxEAPwD5AsnRuXCuAliH7DlM1seEeGjGVuggQZJiKp7fhMdZZ3u3+a9OMzrzigt3Hx64t8zppENkJ/NCh3DJ4THV9fxUxpAQZbK/AZF+rVCgAbaWhj1piXBLs+ec+xoQQ5JETytAu9+JqBIQdRcu9m+/KmYOCokBpsJAzgT8vXYhJv0YegjIxauQz+jc8+lRALwyolmMObCM2o8QlJKchAe41YSxtWpgbCnEQCMgza5O/R6qY2yKSN1jfvF2tE2/uqTqKprS0DTPVptUYaAXlnMxAAzd/nsaR5VDVsrXzyeaHEQwAs4lnze47WhqqD3BvGd4GAo2ZmBzaIbLpS1IYkgFgXY3CbD3FThqaMj1ab+lH9PzAZdnD3JkdeFAsF4AZOrZ68Lm3ChGGA53gehl3ECiQo2/bcCB752qFiVbxsPLfXIji9TACMPISXsQz8BQ4aAQXfhzp2GgHIvlIZy136+lCQXDMOUs/rTApAY5aFxAoysAQBn7343qLxn/ACabipJkmbuQ3zSpiqxU1ibZ0W4HDgjUN60RRDNN3BFuTweF6EqBGb94DMB80rODiHcvPWa4HJ2fLlrUB9TMNNvw9ThJlw0TPDLjQc4YQHv/AJqV7pknJ+r24CoUsszCOfWiSksSRmPc/wA9qgS/CiJDRfOiThuSTrlne3aoSxu/PT5pTAEfn8VKhNmojhx9/mVCFEH4ag5KczbhQlsqLj8NQky7UEEVFE786gCgiurqk0EV1dXUHoRjFNsxrw/xS8Yli8Mc3va7cKZjJSD5Qevzn3pTP1r1ViFkQQOrPMiPvUYuISxbkbQI603dlnYZ5/5oCkenznUaQjDG8l2DngWnQx0NLWSSCQ33m/2jTnRDiTYA8tADcNTsXDO6CSHEAZtOmX5zooMZDOYAyTIcNoIlpINxQbk+WZLOwga5O3fjQ3OQcZ55Z2zo8IOGYTbLTSOHWpg1/CQyWJuHHJ/y9XVJBDEOONZuxYqiAkEAphr/ANx7vno2lWv9QwIUN3jcd8utcevYXtPhoMJ4Ryyf8vWXi4GJvBJtAc2bVpsBcer16AKkcahaQQxDh86TqweXQlzmzsTnxAy/zxrgUksrJwLZWfr962tr8LBfd7e01lq2VSLho0vk7dfStzqUV1rNhPHm7d70admJBJBYBg5abxqzgnmNa5YDQPV7CehOVDi3cWyetYJAJLO9hkLcTFLJMQYMERxv96coANDHPP0blUjEAcKQM2d+MsM5ziKgrKRLmwM53zfOuxVGHLvacshwpwHJ275vGeVKCXB3pI1FERh4bmzkn5GdMwwUKHQpIYtoebZVH0yeF2Jh7OAc7jvQsSS5c89G/wAdKCNoAsCYOdtXGd6HEwgAzwQCCJcsIM5PVkYXkD2UZDOYf0651TEXDVnByUpId5F2GX3NcnDgu9oh3I9s6L6YaW1inODJ5Aly0ZAUxVcMADF7C/e9ExE29RxjqKXikkyGPJuRqxgK3d6Q4Da62ishTA8DZrgDWX41yEX/ALQZN65MlLRxtz50LEsBN/vQQklUEwPQfDUoBMCfW9Ti4ZBIVBAqUKYMJJDnO1QKSWy+ZRUqSzT+edSEFt412LdyKCCGF4J9qhxkMvhrtyH+Die9QpLUHBMsKGpArqD0mMYE6luf8NSFlomHzsTn6DsKYpDQoWPHK4ofpuHtbKPkV6GJ4AVA3tnmbNrcUKFkPoY6GmKSZ0Ocaxa0tQFPwfeigKcgXI9eL0Sklg7a+1xTtn2cmcoD/wBr63LUK05HIaN34yaGk4qZMC5fLO1cEhmZ9CLdiHP8U5QBaJAa9/xlFQMMxmDa94cDuKB2wlIxAAXfpmMmuwOZrYKb1iYUKJiBr0jWruHtxBZYngGPauXc86sOOztKTu+3a1d9UhwodRI7XHrTMPGSoFj85UwieYrmoUYgMiQRcVxSCzh6WrAFxB1H3yPWh31JuHY3H3H47UFfH8OBlOeXzl/NZu0bOzuJ4RGrdLiK3kYoNjY/H061K0AwQ4etTqweZIif8daZhpJLBMmLSbZa8q1Mfw15T2+X696oY2FugPyt6k/LV0llFQIzAjXT812GlyBJ4C/G3CmbzR348KLELNunPeLRunSdA05VrApaRZJdMtwnsYFFhknzAhxEt0j5lXbQGh7ZsNABzgChWt2hmHB+JcDV+VTAKBDvHvr841CTABtNmdyNZ0H8UxAcfqtkX0FgO1cnDkAxx4EODyYimADnN+X2qVYjeUMws4sD6A0w4DJCnGoAuweeFs9RQIIdrzy+/wB6iEP+6QfZqFaZLZhzmecVZ2gkpALkJgSCw0bLWlKWWZuOXx6ggpT5d0mGgO5JuRSUBwbsPSatjDBDksouXNouQB76g0rDwW8yrHKZGvLTlWbIoCSHPThnOldvAKG6/oPaix2H7rvrbjl2oEANEnT5nyFS+xxUHDFh1vyHKuLvvADjDgVwSJBOUNnnTAXAZXmGWpEBtS1BXXfWuUTBzosRJdxm56cahL3AsMn71BALSO1CWqQe+tCaD0mEDaAOI5El2j5q1Qo8pLxx0poEM4DiY5nk9h150AkM0w3TKelepz1OFhuGsZMTzBmIFK+n5gCQJvLek0/dlhllzgyzfBR4eGHhjkBIfegH29L0NIBsHbnAvY5NnXY+EQWUfN8z5AVJR5Q4L9LcuBrgNY0iL+3e1QKCoa17dj3FDuybn0q0X3fMGBJ3VACSMsok1XYmoJwwQz/pOQIDt319TUJAh7Z+3Q0xMEktL5ejRFApZclgIaBAj3i/WinIwCWSynEgES7PwYboe+XYkbStJY5ZH8j+c6D6roAJ9AzZTq79Kk4IgkwXYSLcSM+tS8ymreHtiSJ8p4/mrBDvxFZSFQSAMhl6CpQpSZBaHyHoYzrnfjv4s6aC8EEvYtcQe9B5h/uDcj+D6UrC2628O3/z1yerWFiBTMXrFmNBRig+7Z9qlaAoMQ9xXKwgb/GoGULSIvfvn1qCvibEz7rFwzEA30eHi8Gs1ezqdTv2d5AAJNg2c/ettOLlY6G/89KLEQFXFbndg8+o3CoYM5Dk2a5cRY9LUWHgh2KmS0qZzZ4HOK0dp2IXc7o7tf51rP8Ao6M7En2ac/zzrpOpQhSs8+Obfb8VwAJUQnjdmy6zTNwsCzz+I9q0Nm8JxMQeVIAJhSlBmsBAcnlYuDNrbIMwhjlrzGnya4ph7HlJtnp+K2Nq8Gx8NO+pQKQoAqHm3SQ0w7C2lmrKxMVy6iSwYRZobkE26c6gUCkM+hhofKXBOvUwaWvDMkCfnyasYgN7hiHIMANI4Zd6EJJLWGcKsHdRbICgqgkBncM+d9PWpOI0gAwwiD0eMzzo7kvN82mpaGbjz+TUsQgoJcmc708EW8o8okEEhhe9+32oVAQ7wIB9uAvUlAYmHAcvHQamazigxQYSPMQYYE3986nAS5EuZ8sD+LP3rsdajMtBDO0Af4qDhTvNGeRL6CpgHFId2aAwD2NzQoVunUcM+EZa0zFwYEMSWaYH4mlKwmJHDsRUHERrIOgHP5nQKUdYyHOjQreYKLBm5D/NClGp68my61KPSpCXEkPcdJlrHlTMEgmxtHAwf4pJS4dxBAa5tpIKXBD8taJGJBHZ/Xq/vwr0uSwUZOYbhJ01yqBg8D29KgKKiBaANMrz3mrGEg2cOHJBi2U9Opqoj6Ri0C4fNmPNi4tSBs7HlI4mtXZlICxvh0sxZsmDjLU0Z2WHOdrQzCQMuz96qaxMVLl5dzn87+1L+nw/wa3MfwxSR5gRof54VQxcBqi6poKhZwGPKQx9PagXh2Yxw+da9B/Tez+dazow470n2HetDafBsJUhO4rVP/zasXqa1jyG7k8RrD8OvpRIQ/Lj1IHzWtbafCcRKY84BMi5sP09MnqknDu8MPfLUQ/atTKlJSndDkAjPgWPUa8SM2rhgwN4hINiQZvmHnLSmqwCODxeGsX/ABQkMmQ7feXb5l1BGIiAweZg9veuGEQHIOoPARe927GnCC3qPcPZ6MtvBSn3SdZYNnrTIaRh7UoFjPP8/wAVZwtpSWluf5tXbZhJV+mITcNaH0L35vVVOGREB2E89T78K5345+NTpfWgG40/ml/TIsX4Hhxv71Z8E8KxMTeJCkJYsQAQVA23SbXs2XKrO0+FY2HKkbw1RN9U3HrXKzLjcZqlBiFQ8T+bZ0OwbAhYBWspP9gbeJzLmw4MauIAPGj8E2NP1MR5CSGTaFBwysgCNKn2+s1ZNW9i2FKP0ID/ANxkj/ll/FauF4aSneWQEzKiw4yb9PtTVbRuk7u6IyD/APs5H8VSx9pBLqU51Jc9715+v9E/I6z4r+i8U2AKQsBikm2TFyFDRy3evF+InAISMJCkqAYqOckuZzf0A4V7vYtuh0sVCJDxkezjoK8n4lseEn6k+e7aSxF5JBCrfd/V8XWzXLqZWCs2S5EXeLae5o8RgiSrftYwljmcuHOm7HhAq3i26mSMyLsOZjqBnUI2YKC3KQDLPLh/jG7d+zOkqAIZO7YKJMNlu3Lz3fKh2nAXuhbHcJ8uYBMkDjFqJKGc/wDj/t4lOcOGoid2CnfSL5M8iP2lwX4UwK2hR3mUSZEsx4Q2hoVISAFAOc3s+UcOP2qUpMl4uOY/bwiHrsZQLyC+bkZ3PzOpioxkAggaTHG40zl6FOMvpAsP2s1+Qo1pbdLM+dwZIzyj0ocQEFi5cFmMTo3epgWsWBG6xuTx9nqG8p1ObGeDZt+KcnBdt4ElobMm2WkGpXhhg7SMufA+XSoiunBliS+ga7ZelV8VIAAzl/mdWlwNdc2Gg0NAWOuUXp9RsKxT5iP3XaBkWYccuFEAL2vFz14y2VqBLF7DRvw1gOXpTBhl2B4erRreurFO3kkCVPOguE8zcf4mrGAGjPJh2g3f49VQsu7CxFgebZA5uOlNCi5kA9YYHyzPCqytYSmLlQJDNxYj2gTF609m2hKUbpl5CmkOmUguM4Yhi1Y6cXeJeSf3G7nM6mKNJnN8uByGvb1omPRI8W/6ZQoJJUGJI/SA0p/tNxF2fjWRtpS+6neMsCWEZwM3IzNIOIGGZzg8a7EWCBEtJvvGZL5/ihjtnJEoUUmXA4Nw9K0x4wXPk8uUuREkwAQ4OlZeCssSC3vMFmbX1p68YFIACf8AuDvm4MtY5cKmSrtjc2XaUKA3T0MH1qdp2ZK4Ul3z5caxQRcMCzWIFmzz5Z52rT2XGISSVOXsXfv8tWLx/Gp1/ScbwX+xRPBXG/z+GpHwsyGkaXh7h2a3816fASTLGOf3yp3h3hf1N84gcpzS6XSowkmXI9mpOrPZZL6eQ8P8KViYiEqCkhUk/wC0ByRzhjxq5/UyEYBw0IQRvBRO4HUyeJLtfPSvp2w7Gk4TBIAAZIDwEmA56147+r/ABjKwyR+neDHi1cu+9b55x88xPE0G+IXf92HP/aSk1d2XZFYpSAUMpgCHzIkhr5zXrfDf/wA8+oN76bDMq8qR/wAlVe2b+m9nwcUJwzv4gzw0kpAuTvQSzOWHWk76avPK7sOxBCEoSmEhh0jvTcTAmaZsu0pUHS3+Lihxlkg+hFZR5fxzZE7xhlPvAiCQR5g/Ah+prK2fZilallQYpAZpjMm1af8AUO3R5W3ng5AzPJgY4V5/G24EfpIUMncHk8j1rHXx9dem+e5PbRxccVSx9pAJFiASRnAc34C1UdoxwrdBchg7EiWkc+LCxuGNIRiBKzukkEtOYJBII7Bv81ef8uTzS/N/Gth+JEYWIQllBeGAoyQCMQkNkPKNfSsvaMQrJUqScx7elqd9QfTxGdt7D45L/IqtGXpWpz9ZjNu+QHDAED/GjZyx6UsJDsReBckcYZy3+BFP+R+Kgh/nv/NbndjOEFCWJgtbI3GsWc21oSXgAOc2NhLcBVlOC+Ysb6iROTSXMNS1JD+ZrmU2OTBizcm0rrLs1FfE2VixIcXJ8zaM3POlbk7sB8w59ri1qupw94sFbogWOZEx3/48qrY2HEF3AY5hsjozdu1F0gmzksCY/jm1EssoG9tNOz0xJZwofgH7n81oeFeDY2OoHCw1EBpIDOAHBUrymXjTLIqrM+pul0xAbMj2c6w3CiUCBml5CQeEuDI517TYP6FSlzj4ociUob/2UH6gA1q4Xh+z4P8A/PCS4z/UY1Up6xeoPnOD4XiYgBRgrM3Ysw4mBfOtLZf6Z2kylKEwzKUkw985r1+2+JKAghubPwrF2jxmSDvK0tWfsPPYeI+6C7DqwN/Y1KlsYho1clwS51f2tSgsMPkfcVyVR1+e9dmFvBL7vmAbO19dbt1rk316t8Hx6rNA0e0e1x6UwILlncH51qpVtKwbADqGAOQd+9/s5C2lwSpPDj2Mc50NUlLcklxwns5fOpOI+o588y1VF7BU8BnlgQMxb0DDWn4WA4MgTYnLOG5VnoWbPwPu3pVv6xLlIN5OQe1gBNEwasOZ/wA2cc/xlUszEvz+dKH/AFMBMkDIzJDEj1pyTv7ozG6l8pvkM+80B4c+YnJ4105/kVo7OQDCi8sQW+QTrVPZgXcDgLw9pFaGxbNvnywMz+13brGlPSYshVhc/GTyvw04+i/pjBURi4anSSEqTFwHd/SszA2QINp1NaOFjqQQsHyoB3ks5LszKeGvb2rl31syN8855ej8OxEAcbTxqodsVhrKwkFQdgQD2fOquz7elU4WdoJP8U1awoElQdJAMjOztY8K446MbD/qPF2nacNCgVp3hvDe3UtmCofpgVc2/bxsuCVbIvDfFHmUFb2IN4+XCD2aXzh9HxvEE7isZKMJIC/1qJTOu4XYPfLO1ZKUZtmwElstwcYc8a1zztTq5AbJse0Kxt3CUreJU65H6UuokZgAZ8MzXp0bDibjLxDADhygkkl/KA76u32rV/orHwsRavIlJw8MC194neJ6kCclcK89tfjuz/T+ohWKdqOJ5kkkpKJ8rWAIZswUit9+8YlsZ/iPgaASpJG//cCcxYvfTjXnlbApJLCwJgEmGjKIBztzr220yHYhwCxy4Vg7SnzkOwhWbEzeYPH2vU+PrbjXcyPMjZXJgta+bFnPSwuzaUGHgneZI3uju7QARmw0M1v4mwndKmITnB6FgZGb2cd8wbMoGUlwQzADgkEDNwOxrtjnKPY9mBRiEJcgYa2BcDzbpfIF1gtNI8R2NlkpAIUzAXDh7DKDwppKgCkrACmcBt0kkMSBAAIB/ilqwt9Lv5oucnbJ3TIdg8Vj6/8ATe+FJaWsXHGDDTpd4/hw9D8tVgr3X/SbgZsxBcA20kS50puErebeBIA/usN4QlLSA5O6My9hUvxz8J0qouJZpBEEEWrlpII3mcBmaARYMLHXiS+dXf8AQpJVIQQBDkhxeTexsQPaiKbOkEJMuVeYAJ6brMYyU9mq8c2e0tlZRUIaHvz6ZcPatLYPBMTF3fo7qyXBDwgCxWSPLdxmWit/wD+lfqbuJjJKcNyQFfqXMQRCb3vyr1iUowkBGGkIQLJTA58TxM1Ou5PCyaw/CP6W2fA82KPr4jv5v0A8En9XNXYVq7V4icoAsBlVbaccscgLnhr9qooH1JKt1DOSdP7myHM1y21tG1eINO82vTL27157bvECoQ4GapBOrNlwc9bUO0bUFKLGJcms7HLlznSRU7RtDqjKOQyApO69y1GlMfemBCWDFjm9VGM7ubUxKNM+r/Hpf1Bppy49TFECM/k13ZWCS8sbXd4ePnCnbJtRw94JjeBBGoP7ZkD1i4qqnEmQD3GkZGmKXckpUS4Lb3/k5Yvn9qupgyRGjZF9W5CpUtyJeM3i5aeLnrVdKf8AFOB1HD4PlqJVghgz2vaHOUyIdxY+spLHP258b0O1Yqd4hBO7IG8A7Pnxf3vQBXDmPvRFkEh3e3ZwJ7ERVvY8MqWBhu8lLZMQXLWP3rPRiC+83S3b8Z17L+nFpOAGSEkFlN+7/dzPuDUtzyZqNg8GEHEYkCEhgIGbfqLD/LvWumgK2l2aX041keIeOC2Cxe6rtyGcxLcpD8/PTXiNradqShO8tQfR5LWIGf8AFZW0+LlQATAPEWj9RMNWH/qVrB/UpmKs4h3b9rsz+lKOO0afe8cQL9K6TnGbdb+H4iUF8NZTBfIKcM5Dl43jI/hSMQOkXk8HcR85VlKxwXnN4cA2ZgzAdr9mYeMWGTSBZuYHT00pUjY+q5ubBnBgCEknsOZFN+lvuoDO4MkzLmWzJeqi8VO/5R0IN+EkvzOfa9h4oAOufvIzmtMtn+kwcPa2LH6iFA5glgsd90Vo+O+B7Ng431MLBfet5iAhV3SDBHsQWrG8P2hCF4eIFA7qw6SbAM5mJc9javdf1gn/AKYUA5BItrxsLHvXD5J5deL4eFxlbxYFLzH6ukZ1i7WFAixlpHH8sW4Vs42KhLqiJLOWkSW4kd6yNp2kOSAFbsmC02dja2dc57dLjGGMx3wILgb1yDD2kDdbmKfswSSCoFmcMRJBYvndxkdDUbTgQlrESJuN7ynSQOhF6WSyEmZcOYDJ/tD8QTFzzNet53bbs5J3SHAGbAwAG5BvvD1nfRZTCxyJuOJzDVu7NihZAU+mb58ek2fhLdp2VP6QliIBVo7pgxY20oa8utFr55/YWzotoxSTISAHgC8i2laWNsSiWYnUsQINnaLNa9VhsKyCWsWJMAFTsCbCAb1F12GsTvBUMLCGZncybiRm94r2H9Pf0tutj7QJ/ZhHKSXW97nynWdKs/0N/S5Sj/UYyHJIOGlWTWW2rktzBivQbStyffSuXff5G+ef1T2rHrL2nGqxtq2DvXnvENsa5rk6O2/b2BDAvrqJHTU5Z1geIeJFcFboFkpgdvuZqt4tjqUphZu/H1NZyUHP5wqyIt4mIDLUoYvGuJMC2lKCDa1UWAgqokobPtRJUyd3LhTMBJoPPAh5twF+9SEOoBwL3/NQgu+Wuk5Nr+KgH43zKu4a8zFWUwCDLyGIvkdTcxDvwqundjWXOWcBhyHyI3xMFhr70QwG4p2Jh3UAyTIBOT2dp/g0vDU26WJJByiXAbU3PYNqwYxCciGKQ+QvlYvxzNExJxi2bM0mLu3eW4muSLk+z3yOlvehTi2SoOBN7uIrsPEu7ElxMyblznRMNSpUkDR2eHdg/EAnoa0PBvFPor3rgghSbQxII5EdidazMOGUCHy+GMhUgu/O3D4B/M0RqeIeJrxnKleQWQAW7i/MkXsLUlIMFmmBrbK+fV6qpMymNA+dr0eLGZObzMx+Zqzwi0N5mYgud7ha40kUKVGXE5Q9R9dQT9Ns3MAmWIc5fOsBZac406W0aqi2md4n9UMzAXktk1qbh7wPmDPElhBF3sMnPHSkKAAcgggkGBBDOO5GVWcEJYm39sAjjef5JpglCy/llrPabiRH7oq/se0sSTowcahtG/S5y+1UtmWpW8N4WlmBIKpYBnI0OWlNfy741ZsxxLciOlGW3s6SgDEU4svzCCHDXgh3B+Na8X/qDExkpC1RvWTDJCbMIAm5+xFYy/EMTEYFQloL3AAueDZ2oELc3AYMl2zLgE5S8535Z65nTUuH+IYjYLJEb6wXAeCn9zOWblNqYjZRuJKHAWy5eR5SCGyYEf8AI6VSViOncLs7gc2Dlpyp42gJAFkp5HdDuzHmfXjWOfjy+Wr148GLwwUsSxyblmLgnXgYvVPbdkZzISBEh2EC3EB41nOrqV7/AJgIgMJgNm0Es9s6t4OG7GOI1ZrcG9+FdXNjYeCW3ojhKmJkRFhqa1tmw1n9QaDEAjmkh3LmdDwpO0bP/bnkOR+TRD/ph0khw1zaIyBkDlQWcXBZLE65DM3Jiz8c7Vd8C8DTiq+pih8NLXY75/t4gZ1S2TZsbEUhCHG+QHFmZ1E8GALfwK9opKcNKcNH6Uhh9z3rHfWTG+OdWdo2nyyWH2Fee2/aWBzJufx2q34jtIJ3QZAfpZ+ptWB4jPldiZccAxGjlhy4Xrzuyl4htdY23YgLQ5b59qLb8aQ9ge75VmqxCT9ha32+9WIrbaLuKrIQM60lYHV6QvCmKoqFIds6NA41aXghIcBzlVdCiC5agYIDNRJxgmKSVPRoHAnrQefGJDebvG8DdtJPWuUuYNrEQ/H2osTFUCASHDjXUEEt96XvSJuzhJHPK32rtAxHMuNLywLmiYs7FiO7v6Fj2pZUCM7uY4DPW78xRKUWAZIuRqAbe2lAxIlnfRtcgCbXYjhyo1LMuberdYtVfELgSMrPzz7dOtdl7dfvQWMPEITDDjnPOcvXjRKXYAZB5dzM8L0GEFByADuw8GVcOhqSsE8dSMmsAOX+KJi6cYqCgEFSlEEKIJVALhhDEzmzQ1I3wwDs7vFtfaowi6b7rP5g7EhmRFjeeIs9Kz9qrOHSBaDadNRk1WccgOCkgvIZt28By/Q5AUhOKAlrk3cW8zuJ81hfU86nCG8oAGXOpfOwBzHrQchbC0EgvnD2OV+OVWcAB8zIjP8AVZ2iNAcqUdoJAS29DJd/KSTIAPF8w80WF+qWAciSCHEhLjVmcNFqqHYWIQ7RAFhOYYmXcdqtLxgTleSBLH9xyacsyeBqngbcp0qVLBpmLW5W6Qa5SmUAolmgnNJgEw7Mxs7NnV1MaODiMFAG7j+1xEkXAi3+2aJWIEwJkSWBDcjEkZ/tFrVlkMEnelTxEAES7uC/Acy5AYNpLuDMOwaWyGjDv0pqY08PEaSLuGLhnszccuFNw15EgBp/cWZ4abnhVLDVIa4YPAG80SSRLPPG1NwgWhnOWbv+lsjAjiDmwqLH+pYum4IbpYv270tS3kzMPHKO0TegxUMm86HQbzkXmNQ7lnqEreWEHkbzBBe4yhrVBp7KCFOR5QxLtCS10yQZADHPs9W2bsu5UZvEJLvcFzpYGsc45kOoEt5bM87zZmzHi/NKsQCfWXF4DM46Zdxj0v8AqSfMS7nV5MjsH1qcTFcAdeF2ve+nHWsfZtp32Agi7e27z961/AdmONjYeElX6lByHDJA80uzMD3FEx7fwPYBh4P1ikBeIGTYsgS4P+4zyCaHagWzclgBWz4piCEgMkBgBkBYCvP7XiuoA3+X9BXl6u3XeTFPa8YAAmwZ8r27OTXntt2hitZglUcEsWAfkCf5q34l4kPqFALJSCf+4gXLWAPl71jbQreVBca6vL9sqSKpbVguo/OPznSkJH6WtV1SXj1oMTDCQ9aFTFLBs+9Bh4ZNqJOGSXf5pTV4gsLfNKCtikCPnOqJLOxbIvVxZyNIxcLQVAvBEt6603AUneUlpB+16nCwCXYUCuIc8qDzSVOBvSNHqRDZES/E2Lia6uroCCCp2EJk8A4HWSO9RYtfI11dWg1WyKCUqOZgZkB3OkEfxSgSXNdXVSJS5nv3b71b3D9PeBF7Npxrq6kSkqLNOfz096fhFJuSBluh7A5EjMAcn0YxXUDMZQISpDu7FyDowsP2t3qcHGQN0pdxcT5rvIZgzBuJmurqINRO6FgMEwTGkWlyyvSaLDsV7vlJ3YJDQ+mgIkZ11dRB4DMlRAO87B1A9TaMuedAElLBTtpF3uMsvl66uqh2MsglJSI8oYAcXItYm1vLpKxiljd0pvk2QaurqJRJxYUHI/2hyHGrnIEl59Xo3G8EggCJY3Ot8+dq6uqobgEkRZi3EJAJ5RTCf0lTseIDtxAMz611dQGlCn3MyHaJ8riTlugfipCHszw8cO1geprq6qizhfUIKl+beCimWB3JXDZA8NA9q9x/+YbIHx8WXCvpAEvukMpYcM8kSBrrU11Y79Lz7ep8QW7noPmrNXmfE9sThM8w7cHD+9dXV53V5pWC/lNzByeXeNSSetVk40Exlbl+K6uqwrkKcvQ7XiRAeurqqKKdoIk0o4z11dUUsCK7dfnXV1Az6xTbr871VxDvHRq6uoP/2Q==" />]</p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="color:#008080;"><span style="font-size:18px;">Está de noite, ou seja, não tem sol, logo a lupa não vai refletir nada. A porta certa é a número 2. Vamos!</span></span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="color:#696969;"><span style="font-size:18px;">Parabéns, vermes! Vocês conseguiram a primeira parte, no entanto, será muito mais difícil de completar as próximas tarefas. Boa sorte!</span></span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;">Confiantes, os jovens seguiram em frente onde o mapa mandava eles irem para fazer a próxima missão.</span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"> </p> <p style="text-align:center;"><img src="https://i.imgur.com/6VTDe8r.png" /></p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;">Por: @DoonJ & @Anjoh</span></p> <p style="text-align:center;"><span style="font-size:18px;"><img src="https://i.imgur.com/6VTDe8r.png" /></span></p> <p style="text-align:center;"> </p> <p><span style="font-size:18px;"><- <a href="https://www.instamc.com.br/forum/topic/40631-virtual-reality-1/">Capítulo Anterior</a></span></p>
  11. DoonJ

    HISTÓRIA O Minerador

    Em um mundo vasto chamado Minecraft, haviam muitas vilas, animais e principalmente monstros. Este mundo era repleto de steves, um deles era O Minerador. O Minerador era um steve qualquer, que todo dia em sua mina, minerava relíquias como ouro, diamante e até mesmo esmeralda. Certo dia, o pequeno jovem foi em busca de esmeralda, para dar em troca de comida com os aldeões de sua vila, então ele chegou em sua mina e falou inspirado: -Eu irei achar esmeralda, nem que eu tenha que correr em risco de vida, mas eu irei achar! Então o aventureiro foi descendo em suas escadas e não deixava pedra sobre pedra. Passaram-se uma semana e nada de esmeralda, ele conseguiu encher um baú grande inteiro de diamantes, mas nada da preciosa verdinha aparecer, quando ele quebrou uma pedra, um barulho esquisito começou a se ouvir, então disse desesperado: - O que é isso??? O que está acontecendo? Então o jovem começou a gritar desesperado enquanto caía no buraco, por sorte, caiu em uma poça de água profunda, tirou sua tocha e quando iluminou o ambiente, seus olhos brilharam de tanta esmeralda que havia em seu redor, então, quando ele quebrou sua primeira esmeralda, ela se desmanchou e havia só pedra, a partir daí larvas começaram a sair das pedras e atacaram o pequeno jovem, então gritou: - SOCORRO, ALGUÉM ME AJUDA!!! Mas não adiantava, era muito profundo o local que ele estava, ninguém o escutava, então ele pegou sua picareta e começou matar cada traça, quando todas morreram, todas as esmeraldas começaram a se desmanchar e sair das mesmos insetos que o atacaram, mas os monstrinhos não eram normais, eram aberrações feitas de puro prata, então ele começou a correr, correr muito porém, não havia mais saída, ele estava cercado por montanhas de pedras e as larvas sanguinárias se aproximavam cada vez mais do guerreiro, quando elas finalmente iriam chegar no pobre steve, passou-se um vulto preto com olhos vermelhos, que, só se ouviu a sua lamina passar na barriga de cada criatura, o jovem confuso gritou: - Alguém está aí??? Então uma voz misteriosa falou: - Corra enquanto pode, ou eu irei arrancar seu coração! O jovem assustado falou: - Bom... glup... Obrigaaado então, não irei te incomodar mais tudo bem? Adeus. Então o jovem correu e desceu uma caverna que havia na gruta, ele correu até o fim, então ele acabou caindo em um buraco enorme e gritou: - ALGUÉM ME AJUDA POR FAVOR! Mais uma vez passou aquele vulto misterioso, porém, estava mais definido, seu rosto era apenas ossos e seus olhos vermelhos, o ser assustador colocou o aventureiro em suas costas e correu até o fim do buraco, e novamente desapareceu, então o jovem falou: - Obrigado... novamente, me desculpe estar te incomodando. O Minerador começou a caminhar e quando chegou ao fim da caverna, ele achou uma esmeralda, quando ele foi quebrar ouviu alguém sussurrando: - A partir de quando você quebrar essa esmeralda e voltar para sua vila, você irá ficar calado de tudo oque viu nessa caverna e se você abrir um bico, você irá se ARREPENDER! Então o jovem respondeu: - Tudo beeeem, não irei falar nada sobre você, só por favor, não me mate! O aventureiro assustado mas feliz por ter achado sua esmeralda, pegou a preciosa verdinha e depois de dois dias, voltou em sua vila, ao chegar lá duvidando do ser matar ele, falou para seu amigo alquimista: - Na caverna eu vi um monstro preto com olhos vermelhos feito de ossos, e ele falou que iria me matar por qualquer coisa que ele contasse sobre eu ter visto na gruta. Então o amigo alquimista falou: - Meu deus... você cometeu um grande erro cara, esse monstro que você viu é a entidade 303, ele é uma aberração que assombrou esse mundo a 2 mil anos atrás até hoje, não volte de jeito nenhum em uma mina! O Minerador duvidando de seu amigo alquimista, já pensando em voltar em sua mina apenas falou: - Tudo bem, não irei nunca mais entrar em uma mina. Mesmo o steve ter falado isso, ele voltou no dia seguinte na mina, e depois daquele momento...apenas se ouviu um grito e nunca mais o querido guerreiro foi encontrado. Hoje em dia muitos dizem que seu espírito ainda vaga pelas minas abandonadas encontrada durante o mundo, e quando seu espírito se manifesta no local, o steve nunca mais volta para superfície. Hoje em dia dizem que seu espírito vaga por minas abandonadas assustando steves delas. Créditos: Logo Obrigado por todos que leram até aqui, comente o que achou e até a próxima :P!
  12. Anjoh

    HISTÓRIA Virtual Reality #1

    Em um bairro pequeno, localizado na Califórnia, haviam 2 amigos. Eles eram apaixonados pelo mundo gamer, não perdiam um lançamento de jogo. O mais velho era James, um rapaz cheio de inspiração e muita criatividade, estudava na Holly's e era o mais nerd da turma. O mais novo era Josh, um jovem com uma inteligência incrível e preguiçoso, estudava na mesma escola que seu amigo mas em turmas diferentes. Os jovens eram inseparáveis, por mais que estudassem em salas diferentes, passavam todo o tempo livre juntos. Em um dia comum, os 2 amigos foram em uma feira de games. Quando chegaram no local, havia uma fila gigantesca para uma espécie de sala escura. Em cima daquilo, tinha um outdoor enorme escrito: "O MAIOR LANÇAMENTO DO ANO, SKYWORD!". O jogo em questão se tratava de uma espécia de RPG que simulava ilhas cheias de desafios, que, ao completar, mais poder você ganhava. Passaram-se horas e, finalmente, os rapazes conseguiram chegar dentro do local. Lá dentro era muito bonito, o design das coisas eram todos futurísticos, então os jovens colocaram aqueles capacetes de realidade virtual que eram necessários e iniciaram o jogo. Antes de começar realmente, tinha um tutorial de que ensinava como jogar, quando estavam quase terminando, aconteceu um curto circuito que acabou dando um tremendo choque neles. A energia liberada foi tanta que desmaiaram imediatamente. Ué, o que aconteceu? - disse James. Não sei cara, eu só consegui ouvir uma explosão e apareci aqui, do seu lado, provavelmente é do jogo, parte da experiência. - respondeu Josh. Animados, perceberam que não estavam apenas jogando, mas sim, dentro do SkyWorld. Isso é muito inovador, como eles fizeram o jogo ser tão realista a ponto de estarmos aqui? - retrucou Josh Os dois amigos estavam confusos com aquilo, mas já que estavam ali, resolveram aproveitar. Bom, já que estamos aqui, por mais que pareça estranho, vamos enfrentar estes desafios e zerar o jogo. - disse James decidido. De repente, começamos a ouvir uma voz que não vinha de lugar nenhum, ela dizia as instruções do jogo: Primeiro passo: A escada paralela. Uma torre com várias escadas e apenas um leva ao caminho certo, o restante, leva a morte; Segundo passo: A floresta das ilusões. Uma floresta pequena, porém, com vários espíritos que fazem sua cabeça embaralhar e imaginar coisas que levam você fazer coisas que nunca pensaria em fazer. Ninguém nunca passa daqui, a ganância te predomina e faz um matar o outro; Terceiro passo: O buraco sem fim. Um abismo que ao cair, há varias portas que apenas uma levará ao caminho certo; Quarto passo: A montanha dos pesadelos. Uma montanha que você precisa chegar até ao topo para sobreviver, mas no caminho, existe monstros e demônios poderosos que farão de tudo para beber seu sangue; Quinto passo |Final|: O labirinto infernal. Um labirinto cheio de espíritos e parasitas venenosos em seu caminho. Ao completar o caminho, terá um portal que ao entrar você zera o jogo. Agora não tem mais volta, boa sorte! hahaha! Os dois amigos resolveram começar sua jornada, pegaram um mapa que levava à primeira aventura e os desafios começaram... Por: @Anjoh & @DoonJ Próximo Capítulo ->
  13. ► Olá leitores! Estou antes da publicação pedindo para que vocês coloquem suas opiniões sobre o capitulo como post,e se gostou do capitulo deixa o like no tópico,ou comente. -------------------------------------------------------- Capa do Livro : http://i.imgur.com/QWiIeen.jpg Sinopse : http://i.imgur.com/U6OL85F.jpg Contaminando* ^ Capa Final : http://i.imgur.com/qpsryKz.jpg ------------------------------------------------------- Livro : Arquivo : Os Andarilhos - 1º Capitulo.pdf Arquivo//Download direto : http://download1513.mediafire.com/dazuk4u9aiag/08a6ty2667tgawb/Os+Andarlhos+-+1º+Capitulo.pdf Leia já todos os capítulos desta saga: https://www.mediafire.com/folder/7kbpx0gy0du3t/Os_Andarilhos Comente sobre o que achou dos personagens. Agradeço pela atenção! Capitulo dois sera postado em breve. :D Qual suas expectativas? Comente Já!
  14. Caso não tenha lido o capítulo anterior, clique aqui! "Enfim, essa é toda minha vida, é quem eu sou de verdade, ou melhor, quem você é de verdade. O teste começa agora." ~fim das gravações - Então essa era minha vida? ~ 3 meses antes... Os testes que Fabrício estava fazendo com o protótipo da nova substância estava sendo um sucesso em todos os quesitos, os testes com animais estavam perfeito, mas mesmo assim ele continuava aperfeiçoando para não ocorrer nenhum problema comigo. Passaram-se em torno de 2 semanas e Fabrício me ligou perguntando se eu estava pronto, eu extremamente ansioso disse que sim. Nem estava mais me importando tanto com minhas perdas, estava mesmo era preocupado em por o projeto em prática e ajudar milhares de pessoas. Ao chegar no laboratório Fabrício me trouxe a injeção e disse que era para eu injetar em mim mesmo, era por minha conta e risco. Ao injetar instantaneamente entrei em coma. - Chame a emergência!!! - gritou Fabrício desesperado. Então a ambulância veio e me levou ao hospital no qual eu Fabrício fazíamos estágio há um tempo atrás. Uma enfermeira veio e perguntou o que havia acontecido, meu amigo sem querer contar que estávamos testando uma nova substância sem o conhecimento do governo disse que eu havia injetado alguma coisa em seu corpo para suicídio. Os médicos examinavam, examinavam mas nunca aparecia alguma coisa estranha, minha saúde estava em perfeito estado, mas eu não saía do coma. Depois de uns 15 dias vegetando, finalmente eu acordei. Não conseguia me lembrar de nada, não sabia como era meu nome, quem eu era, nem mesmo o que tinha acontecido comigo para eu estar ali. Quando um dos médicos me viu, foi correndo ver se eu tava bem, e rapidamente ligou para Fabrício. Ele rapidamente chegou ao hospital, e no mesmo momento me transferiu para o laboratório. Lá ele fazia testes e mais testes comigo, eu não lembrava de absolutamente nada, mas às vezes tinha alguns lapsos de memória, mesmo não conseguindo entender o significado daquilo Se passou 3 meses e Fabrício continuava tentando achar uma cura com o projeto usado, até um dia ele e minha namorada perceberam que não tinha mais jeito, eu precisava ver os vídeos para saber minha personalidade, eu estava sendo um indigente. ~ dias atuais - Josh, se acalme. - disse minha Anna, minha namorada.
  15. http://i67.tinypic.com/mh85z8.png (capitulo 6) http://i65.tinypic.com/b54f7l.png Lara e Ender seguem até onde está vindo a voz, Ender se teleporta e aparece ao lado de Pedro, Lara correndo chega até a saída onde eles estavam Ela pergunta: Tem alguma coisa aqui?Pedro vai até o final da caverna, e abre um baú onde encontra o pergaminho da cura. Ele diz: O pergaminho! Lara preocupada fala: Não aconteceu nada, estranho. Depois que Lara comenta sobre não acontecer nada, começa um terremoto dentro da caverna, assim a caverna dos magos começa a desabar e as almas fantasmas começam a vagar de um lado para o outro. Lara percebe e começa a olhar a volta desesperadamente e diz: Essa é a maldição da caverna dos magos, onde estava o pergaminho.Um pedaço do teto cai próximo a Ender que se assusta e acaba gritando desesperadamente: Corre!!! Todos começam a correr, mas com dificuldade por causa que as almas dos fantasmas ficam passando por eles, atrapalhando eles enxergarem os obstáculos pelo caminho, Pedro e Ender acabam se distanciando um pouco de Lara, deixando-a para trás, e com isso a atenção dos fantasmas fica focada nela, o número de fantasmas em volta de Lara era extremo, e ela não conseguia enxergar nada em seu caminho, foi quando ela acaba pisando em um buraco no chão e cai torcendo o calcanharEnder fala assustado: Lara!! Pedro diz para Ender: Corre! Sai da caverna vou ajudar ela. Ender olha para Pedro e mexe a cabeça simbolizando um sim e começa a prosseguir até a saída da caverna. Pedro vai até a Lara, ele percebe que atrás dela está desmoronando tudo, ele depressa pega a mão de Lara e apoia o braço dela em suas costas e ajuda ela pelo resto do caminhoEnder ao sair da caverna resolve descansar sentando sobre uma árvore, ele se levanta e vê a entrada da caverna começando a desabar impedindo que Pedro e Lara saíssem da caverna, ele com seu poder de mago usando todas suas forças segura as pedras com a mente... Ender vê Lara e Pedro vindo e fala: Rápido!...não vou conseguir segurar... Eles percebem do que Ender falava e começam a correr mais rápido até a saída, Ender não conseguindo mais segurar acaba soltando as pedras e cai sobre o chão olhando a saída da caverna que agora estava coberta de fumaça e poeira do desabamento, Ender sem forças diz: La..Lara! vo..você está ai? E acaba desmaiando.. http://i63.tinypic.com/1412hac.jpg Personagens que participaram: Lara: Ender: Pedro: @NãoSei Justin: Segredo http://i63.tinypic.com/1412hac.jpg Você pode participar ainda!! se inscreva!! Link: http://www.instamc.com.br/forum/topic/23766-incri%C3%A7%C3%B5es-%E2%96%BAthe-mysteries%E2%97%84/ http://i63.tinypic.com/1412hac.jpg Obrigado por ler o sexto capitulo de The Mysteries Deixem críticas, sugestões, perguntas e muito obrigado por ler minha história. Deixe sua avaliação! :1f44d: http://i63.tinypic.com/1412hac.jpg Olhe os capítulos postado: Primeiro capitulo: http://goo.gl/mUoBxZ Segundo capitulo: http://goo.gl/5AS0Z5 Terceiro capitulo: http://goo.gl/YALuIE Quarto capitulo: http://goo.gl/qq9ZxX Quinto capitulo: http://goo.gl/0wh7Vf Até o capitulo que vem Sábado as 16:00 horas Espero que gostaram ;) Corretora: Obrigado por ler :1f499: Observação:
  16. Caso não tenha lido o capítulo anterior, clique aqui! Chegando na sala de festas, encontramos meu pai morte, e mesmo ele merecendo eu estava arrependido. Anna e eu tivemos que dar um fim no corpo, colocamos no carro, levamos para uma floresta, jogamos gasolina em todo o carro e o queimamos. Eu não sabia mais o que fazer, o que eu tinha feito para merecer essa vida de merda? Ficava me perguntando... Já não bastava a morte do meu irmão, a morte da minha vó e da minha mãe? E agora eu virei um assassino... Estava a ponto de me matar, mas não queria trazer ainda mais problemas para as pessoas que eu gostava, então fui procurar alguém para desabafar. Fabrício, como sempre, estava disposto a me ouvir, então eu comecei, contei tudo o que estava acontecendo, tudo que eu estava sentido, até que por um momento ele teve uma ideia: - Josh, mas poderíamos... - Poderíamos o que, Fabrício? - Nada, é uma péssima ideia, apenas pensei alto. Ele não queria falar o que havia pensado, mas depois de muita insistência eu consegui retirar dele: - É referente ao nosso projeto, Losses of Memory, eu sei que o intuito dele é curar pessoas que esquecem, mas podemos tentar fazer ele esquecer as coisas que lembramos. É uma ideia maluca, além disso é muito arriscado. - Eu perderia toda minha memória? - Não deveria, mas pode acontecer, até coisas piores, tem muitos riscos. Essa não é uma opção. Eu fiquei com aquilo em minha cabeça, resolveria todos os meus problemas, seria perfeito. Resolvi conversar com Anna sobre a proposta de Fabrício, ela não gostou nada da ideia, mas a decisão era minha, ela dizia que tiraria toda minha essência, querendo ou não aquele era eu. Não prestei muita atenção no que ela me falava, eu estava muito decido em fazer, mas ao mesmo tempo com medo. Passaram-se algumas semanas, e eu ainda pensando na sugestão de Fabrício, até que tive uma ideia e fui falar com ele. - Fabrício, estou decidido, vou fazer aquilo de apagar algumas de minhas memórias! - Não podemos fazer isso, me recuso a ajudar, se algo acontecer vou me culpar pelo resto da vida. - Mas pense no que poderíamos fazer, ajudaríamos milhões de pessoas, curaríamos a depressão e muitas outras doenças, não consigo nem pensar no que poderemos fazer. Estou decidido, quero ser a cobaia! Além disso já sei o que podemos fazer para se caso eu perder a memória, irei gravar vídeos contando toda minha vida, são os riscos... - Pensando por esse lado... Ok! Que comece as gravações. Vou fazer o protótipo da substância. ~continua
  17. Caso não tenha lido o capítulo anterior, clique aqui! Fiquei preocupado com o que poderia ser, da forma que ele disse, parecia muito sério tinha para me contar. Herick então começou: - Há um mês atrás mais ou menos, eu achei uma coisa que poderia desvendar como tudo ocorreu na queda do avião. Decidi que ainda eu não deveria te contar, e mandei direto para o FBI. Hoje já tenho o resultado... - O que não me contou? Por que não me contou? O que aconteceu? Herick, não confia mais em mim?! - Calma, é muita coisa... Não te contei porque é sobre seu pai, eu te conheço, sei que você ia fazer alguma coisa que depois pudesse se arrepender, prefiri ter provas. - Meu pai? O que ele fez? HERICK! - Foi ele que planejou a queda do avião, ele que matou sua mãe. Ainda não sabemos o real motivo, mas tudo indica que era para ele passar a ser responsável de seu dinheiro, e assim ficar novamente milionário. Ele já tinha um passado duvidoso antes de ter você, mas nunca se quer pensamos nessa possibilidade. A polícia Eu fiquei paralisado com aquilo, não poderia ser verdade o que ele estava dizendo. Mesmo não tendo caída a minha ficha de que aquilo havia acontecido, lembrei imediatamente que meu pai estava em casa e poderia fazer algo de errado. Quando cheguei em casa, vi que os seguranças estavam dispensados, o que fez eu me preocupar ainda mais. Depois de muitas tentativas de estourar o portão, decidi que a única forma de entrar em casa era pulando, mesmo com a cerca elétrica ativa tive que pular, por sorte não aconteceu nada comigo. Assim que entrei, Tobi veio correndo em mim desesperadamente, ele parecia estar querendo me levar para algum cômodo, então resolvi o seguir. O cômodo em questão era a sala de eventos, mas a posta estava trancada. Depois de muito esforço para estourar a porta, eu consegui, e lá no canto estava meu pai tentando abusar de minha namorada. Tobi foi imediatamente para cima de meu pai e mordeu sua perna. Aquela cena que eu havia visto não poderia ser verdade, por sorte um cheguei a tempo, eu nunca me perdoaria se algo de ruim acontecesse. Levei minha namorada para o quarto e a deixei lá em cima com Tobi para se sentir mais segura enquanto eu conversava com meu pai. Passaram-se algum tempo e eu voltei para falar com meu pai. Ele ainda estava no chão tentando conter o sangue de sua perna, e eu começei a questioná-lo: - Então toda essa desgraça que está acontecendo com nossa família é culpa sua? Como poude? - Filho, me ajude, estou perdendo muito sangue. - Por qual motivo você fez isso? - Eu estava doente, Josh. O dinheiro subiu à minha cabeça e eu queria mais. Quando sua mãe virou responsável de sua herança, vi a oportunidade de fica milionários, então planejei tudo isso. Mas o tempo que eu passei na clínica me recuperei, estou arrependido! - Arrependido? Não, você não mudou, tenho nojo de você! Na parede havia uma adaga de decoração, peguei ela e abri mais o corte da perna dele. Deixei ele gritando de dor, fechei a porta e fui ver como minha namorada estava. Cheguei chorando todo ensanguentado com o sangue do meu pai, e contei tudo o que ele tinha feito. Mesmo com a tentativa de abuso da parte dele, ela não concordou com o que eu fiz para ele, então foi ajudá-lo. Clique aqui para ler o próximo capítulo.
  18. A jornada - Valquire (3º Capítulo) Pinkie: Eu não entendo. Porque? - Pinkie começa a chorar enquanto tenta falar.Elfs: Era esse tipo de coisa que eu queria evitar, droga, agora temos um problema.Pinkie: Porque ele? Eu não devia ter vindo para esse lugar, eu não quero mais!Elfs: Acho que temos que nos preocupar com ele primeiro. Antes de continuarmos com isso, acho que tenho que contar oque aconteceu, Vamos lá. Estavamos juntos, Eu, Pinkie e Vito. Panda nos levou até Valquire, onde retirou o selo que mantinha a porta fechada, disse que poderíamos entrar e sair quando desejarmos. No calor do momento nós entramos sem qualquer preparativo, foi quando a porta se fechou enquanto Panda nos olhava fixamente, sorrindo. Estávamos presos ali,conseguíamos ver vários caminhos iluminados por muitos cristais que cobriam toda a caverna, a Dungeon era como um prédio onde quando chegássemos no topo enfrentaríamos um chefe ou encontraríamos um tesouro. Não tinha como voltar por mais que tentássemos abrir o portão. Decidimos explorar o lugar, Pinkie se ofereceu para desenhar um mapa. O tempo dentro daquele lugar se passava muito rápido, não encontramos nenhum monstro ou algo do tipo. Conseguimos mapear o primeiro andar e encontramos uma fonte de água logo ao lado de um canto onde nasciam cogumelos comestíveis. Depois de algum tempo apenas pegando materiais, decidimos entrar no segundo andar, Vito resolveu facilmente o Puzzle que deveria ser feito para a passagem abrir. Na porta do segundo andar a luz era bem reduzida, dava para ver bastante coisa, mas não mais que cinco metros de campo de visão. Começamos a andar por aquele local, era um pouco confuso, eram salas grandes com apenas uma entrada e uma saída, ou seja, um único caminho, não tinha nada demais nessas salas, apenas andávamos, chegava a ser entediante, até que, encontramos algo. Uma pessoa encapuzada e vestida toda de preto.Elfs: Mantenham distânciaPinkie: Ele não parece muito bem.Elfs: Ei! Cara? Ele levanta, andando de um jeito desengonçado e começa a se aproximar. Percebo que Pinkie está assustada. Vito começa a assoviar novamente, agora percebo que ele está assobiando "Nana Nenêm" O homem que se aproximava tapa seus ouvidos e começa a gritar, gritar muito alto, Pinkie tapa seus ouvidos com medo, o homem visualiza Pinkie e parte para cima, automaticamente eu me ponho na frente e crio um escudo de água em volta de Pinkie, parto para cima do encapuzado e começamos a trocar socos. Vito o ataca pelas com uma magia em forma de notas musicais e o joga até a parede da caverna, começo a ver uma aura marrom muito escura saindo de seu capuz.Elfs: Ele tem uma aura de terra, eu já vi isso antes.Vito: Elfss, mantenha o escudo em volta de Pinkie, esse cara não é muito normal. A essa altura Pinkie estava desmaiada.Elfs: Eu não consigo me lembrar de onde esse cara me é familiar. Enquanto conversávamos, o homem começou a fazer pequenas pedras flutuarem em volta dele.Vito: Qual é plano?Elfs: Vamos tentar imobilizá-lo, não curto muito mortes desnecessárias - Me lembro por um momento de Manuh. O Encapuzado joga um rajada de pedras em nós, crio um escudo em volta de mim, e por incrível que pareça, Vito cria grandes asas brancas que o envolvem totalmente. Me distraio olhando para aquela linda cena, e sem perceber, uma pequena pedra atravessa a minha perna.Vito: Elfs! Sua perna!Elfs: Oque? Droga, Você me distraiu! Vito parte para cima do homem, que o agarra e o joga no chão, criando uma pequena cratera. Nesse exato momento Vito consegue puxar o capuz do homem. Merda, isso é impossível, Panda?Vito: Mas... Oque?Elfs: Vito, estou indo! - Mesmo machucado minhas pernas estavam se movendo sozinhas, eu estava me aproximando de Vito mesmo que lentamente. Quando, Panda sussurra algumas palavras em seu ouvido. A cor dos olhos de Vito começa a mudar, de um azul muito claro, para um vermelho e roxo muito escuro e sombrio, eram olhos sem vida. Panda se transforma uma fumaça negra e cobre Vito, e depois de alguns minutos, oque sai daquela fumaça me surpreende. Vito tinha mudado de aparência, além de seus olhos, suas asas haviam ficado quase que iguais a de um morcego, e eu conseguia enxergar pequenos chifres em sua testa, um rabo longo e fino que se parecia como o de um lagarto também estava a mostra. Panda surge atrás de Vito e diz a seguinte frase: "Você é tão puro, tão puro quanto seu sangue em meus lábios". Essa frase me arrepia inteiro, eu estava paralisado, vendo oque aconteceu com Vito. Panda desaparece logo em seguida. Vito começa a olhar para mim, fixamente, como se não existisse mais nada. Nesse momento Pinkie acordaPinkie: Eu não entendo. Porque? - Ela começa a chorar enquanto tenta falar.Elfs: Era esse tipo de coisa que eu queria evitar, droga, agora temos um problema.Pinkie: Porque ele? Eu não devia ter vindo para esse lugar, eu não quero!Elfs: Acho que temos que nos preocupar com ele primeiro. Vito começa a bufar, e em seguida gritar, um grito que parecia mais um rugido, que ecoava muito alto pelas paredes daquela grande caverna. Pinkie estava a beira da loucura.Pinke: Não. Não. Não. Não! Não! Por impulso eu acerto Pinkie com um golpe, ela desmaia novamente. Eu começo a pensar enquanto ouço o insuportável grito de Vito. Vito tem os elementos de Grama e Luz, por que motivo ele se transformaria em algo assim? Acho que primeiro tenho que pensar em um plano para pará-lo, mesmo que não saiba o tamanho de seu poder. Ok, eu tenho como base os elementos Escuridão e Água, oque eu poderia fazer- Sou cortado por Vito jogando uma chama negra em mim, consigo desviar por pouco. Acho que não tenho tempo para pensar... Ele vem em minha direção, e, por reflexos saio correndo dando uma volta. Sinto uma enorme dor em minha perna, mas por instintos conseguia me mover normalmente. Faço várias flechas de gelo em minha volta e atiro todas de uma vez em Vito, meio que copiei essa técnica de Lara, porém contra Vito não fez nenhum efeito, ele defendeu todas com uma de suas asas. Furioso ele começa a arremessar várias bolas de fogo, uma me acerta, e consigo perceber uma coisa interessante. Consigo absorver ataques que usam aura de escuridão, mas claro que eu tinha um limite. Vito continua atacando, eu absorvo cerca de cinco e mando de volta com apenas uma, foi um grande impacto, porém não fez efeito nenhum. Estou começando a ficar desesperado, minhas chances são de praticamente 10% no máximo. Sou acertado por um soco, um soco que me jogou provavelmente a dez metros de distancia, isso me custou algumas costelas, e enquanto estava caído no chão e prestes a ser esmagado por aquelas garras, disse a Vito pensando que iriam ser minhas ultimas palavras:Elfs: Desculpa, foi minha culpa você acabar assim, agora me lembrei, aquela música, era Beethoven.- Não sei muito bem porque eu falei isso, mas por um momento vi uma lágrima vermelha escorrendo de seu olho esquerdo.Vito: El...fs? Vo...cê? As asas e seus chifres começam a derreter e evaporar, assim como suas garras.Elfs: isso, sou eu, seu amigo. Vito cai no chão de joelhos, chorando.Vito: Elfs? Oque aconteceu?Elfs: Eu não sei, Pinkie e eu estávamos assustados.Vito: Quem é Pinkie? porque eu tou chorando? Mas, espera, quem sou eu? Parece que ele estava seriamente afetado pelo oque havia acontecido.Elfs: Não se preocupa, eu vou cuidar de você. Vai ficar tudo bem, foi só um probleminha. Enquanto eu dizia isso ele cai no chão desacordado. Apenas eu estava "bem", eu carregava os dois em meio aquela escuridão, até que, chego até o final daquela merda. Era muito semelhante a um coliseu, e no centro havia uma pessoa. Era a pessoa que eu mais queria ver naquele momento.Ender: Elfs, você não parece nada bem.Elfs: Você por aqui? É a melhor coisa que eu poderia ver nesse momento.Ender: Sim, parabéns, você completou a Valquire, você é muito forte. Eu coloco Vito e Pinkie gentilmente no chão, e me aproximo lentamente de Ender. Elfs: Acho que eu estou um pouco machucado.Ender: Realmente você está mal. Eu estava a dois passos de distancia de Ender. E enquanto ele estendia sua mão para me cumprimentar, eu o atinjo com seis lanças de gelo.Elfs: Você é uma péssima imitação. Ender nunca perderia a oportunidade de responder uma pergunta óbvia com sarcasmo. Ainda mais duas. Uma fumaça começa a a se dissipar, e "Ender" se revela como Panda.Elfs: Panda, porque? Porque você fez tudo isso?Panda: Criança tola, Panda já não habita esse corpo a três anos. Eles voltaram para te perseguir.Elfs: Mande todos que você conseguir, eu vou destruir todos. Assim como fiz com você.Panda: Você vai dar trabalho para aquele cara- Ele da uma risada bem baixa enquanto se transforma em pedra com um sorriso sincero. Eu avisto um baú ao lado, provavelmente é o prêmio por vencer isso. Ando até o baú e quando abro vejo que o item é um arco, longo e dourado. Acho que vou dar isso de presente para Vito, ele que gosta desse tipo de coisa. Logo depois de pegar o arco eu o ponho nas costas e me dirijo a saída enquanto carrego aqueles dois. Esse é o fim da Valquire.Fim.... Esse é o Fim(Até agora) de A Jornada pessoal, Espero que tenham se divertido como me diverti até aqui, esse capítulo é especial, logo mais irei lançar uma história nova então fiquem atentos. Pode ser que A jornada tenha uma continuação, oque provavelmente vai acontecer, mas vou trocar os personagens se esse for o caso. O tópico de inscrições e introdução serão deletados.(perdoem o tio Elfss por não usar os personagem tudo)
  19. Caso não tenha lido o capítulo anterior, clique aqui! Ela começou falando sobre o acidente que ocorreu com o avião que minha mãe estava, ele teria supostamente caído por falta de combustível, a perícia ainda estava investigando. Por sorte o socorro chegou rápido no local da queda, o co-piloto e a mãe ainda estavam vivos, mas não resistiram no hospital. O bebê no entanto conseguiram salvar. Meu pai estava tão abalado que desenvolveu síndrome do pânico, entrou em depressão e acabou tendo que ser internado. Eu fiquei arrasado com a notícia, não sabia o que fazer da vida, então me isolei por um tempo... Eu não comia, não ia para a escola, não fazia nada, ficava apenas deitado; não queria ninguém por perto, exceto Tobi que estava sempre do meu lado. Depois de um tempo fazendo isso pensei em parar, me isolar não iria passar minha dor, muito menos trazer minha mãe de volta. Decidi que iria me restabelecer minha vida. Obviamente não iria esquecer do acontecido, mas iria seguir em frente. Comecei a fazer uma faculdade de engenharia Química junto com Fabrício, que ainda era meu melhor amigo. Ele estava com um projeto chamado "Losses of Memory" o objetivo inicial dele era ajudar pessoas que tem Alzheimer ou que sofreu algum acidente vascular recuperar a memória, mas ainda estava em fases de testes. Dias se passaram e eu arrumei uma namorada da faculdade, fazia muito tempo que eu não tinha um relacionamento e estava um pouco com medo, porque todas as pessoas que eu me aproximava sempre acabavam mal. Ela era uma menina muito sofrida, igual eu, ela não tinha pai nem mãe, só uma madrasta que a maltratava. Nós estávamos com 17 anos, tínhamos 2 meses de diferença de idade, faltava somente 14 dias para eu completar 18 anos. Estava muito ansioso para completar a maioridade pois receberia toda herança na qual meu pai estava responsável, assim poderia realizar o meu sonho e de Anna, minha namorada, de morar juntos. Passaram-se 10 dias e eu e Fabrício conseguimos o resultado esperado em nosso projeto, estávamos muito felizes, no entanto era um processo muito caro, mas daríamos continuidade assim que eu estivesse com dinheiro e um lugar adequado para a produção. Quando Anna soube do resultado, foi imediatamente providenciar uma festa para comemorarmos, mas sem meu conhecimento, era uma surpresa. Quando cheguei em casa, vi que tudo estava escuro e quieto, por um momento fiquei com um certo medo, mas logo apareceram todos de com uma mega festa de comemoração. Ao decorrer da cerimônia, Herick, meu advogado pessoal, me mandou uma mensagem que dizia: "Josh, tenho uma notícia urgente para te falar sobre a queda do avião de sua mãe, me procure. Att, Herick." Eu fiquei extremamente curioso, mas não queria estragar toda aquela festança por uma notícia que provavelmente só me traria tristeza, então concluí que deveria esperar até o dia seguinte para procurá-lo. No dia seguinte fui para a faculdade de manhã e já tinha me programado para ir no consultório do meu advogado logo em seguida. Faltava poucos minutos para terminar a aula, e de repente recebi uma ligação da clínica na qual meu pai estava internado, rapidamente atendi: - Alô? - Olá, Josh! Venho estou te ligando para informar que o seu pai está em alta. Um de nossos motoristas está levando-o para sua residência. - Ok, estou no aguardo! Eu fiquei muito feliz com a notícia, fui embora imediatamente para recebê-lo. Quando eu cheguei em casa, ele já estava me esperando, ele parecia ser ótimo fisicamente, o que me deixava ainda mais feliz. Abraçamos e conversamos até o dia anoitecer. Na véspera do meu aniversário, minha namorada foi na minha casa preparar minha festa, eu estava indo no advogado ouvir o que ele tinha para me falar, e ela aproveitou minha saída para fazer tudo. Eu e Herick, meu advogado, éramos muito amigos, então eu contei que meu pai estava bem, que ele tinha saído da clínica e tudo que vinha acontecendo de bom. Ao perceber que eu estava extremamente feliz com a volta do meu pai, ele começou a lacrimejar e disse: - Josh, a notícia que eu tenho para te contar não é nada animadora.... Clique aqui para ler o próximo capítulo.
  20. Caso não tenha lido o capítulo anterior, clique aqui! Enna começou contando como foi a ideia de ter a piscina, aquilo era um de seus desejos, desde cedo ela já tinha o projeto em mente. Quando a piscina foi finalizada, Fernando, seu falecido marido, ficou extremamente feliz, mas por algum motivo ele não concordava com aquilo. Os dois casais eram novos, por isso brigavam por qualquer bobeira, e nessa noite Enma ficou brava e ignorou o marido e o deixou no lugar onde ficava a piscina. O esposo querendo alegrar sua mulher decidiu fazer um jantar romântico, e para isso dispensou todos os empregados para ter mais privacidade. Na hora que estava tudo pronto, ele gritou para a esposa e a mesma apareceu na janela, ela se alegrou quando viu todo aquele trabalho que ele havia feito, no entanto quando ela estava para sair lá fora seu marido começou a se afogar, de início ela achou que era apenas uma brincadeira e deu risada, ela então desceu as escadas da casa calmamente em encontro com seu marido. Quando ela chegou na piscina seu marido estava boiando, morto. Aquilo foi o fim para ela, querendo ou não ela era a culpada do marido ter entrado naquela maldita piscina. Enma dizia que por esse motivo se isolou, só ficava em seu quarto vendo fotos de seu marido, sentindo o cheiro de seu perfume e se lamentando pelo acontecimento. Com isso todas as pessoas julgavam ela por ser fria, alguns acreditavam até que ela tinha assassinado seu esposo, e aquilo só fazia com que ela ficasse pior ainda. Com o tempo ela se acostumou, não tinha superado, mas estava suportando. Eu me identifiquei muito com aquela senhora, a história dela era parecida com a minha, então também contei minha história. Nós estávamos nos dando muito bem, fazíamos tudo junto, nós nos considerávamos neto e avó . O tempo se passou e eu completei meus 16 anos, eu tinha tudo o que o dinheiro poderia oferecer, mas ainda queria um presente, um momento com meu irmão. Meses se passaram e minha avó de consideração veio a falecer, ela estava passando por momentos muito ruins de saúde, então foi um descanso para ela. Lógico que fiquei triste na hora que ela morreu, mas me conformei. No outro dia fomos todos para a cerimônia do velório, e lá foi lido o testamento da falecida; ela havia deixado para mim todo dinheiro, a casa, e todas as ações da empresa. Como eu ainda tinha apenas 16 anos não poderia receber aquilo, minha mãe que estava responsável pelas aquisições. As férias chegaram e eu fui viajar com minha família, minha mãe já estava com quase 9 meses de gravidez. Passou em torno de 2 dias, estávamos dormindo quando minha mãe começou a gritar de dor, a bolsa havia estourada. Meu pai chamou rapidamente nosso jato, ele chegou em instantes e levou minha mãe ao hospital. Meu pai ficou pois teria que cuidar da minha irmã e de mim. Eu estava quase cochilando quando passou na televisão "últimas notícias sobre a ...... da família Ghenker" quando ouvi meu sobrenome na televisão despertei na hora, mas o jornal não estava mais passando. Fui a procura de meu pai para ter notícias do por quê passou no noticiário nossa família, porém, ele não estava em casa, mas tinha deixado um bilhete, lá estava escrito: "Filho, eu recebi uma telefonema e tive que sair para resolver. Cuide de sua irmã." então eu fiquei sossegado, deveria ser apenas um comunicado do nascimento do meu irmão. Achando que era isso fui acordar minha irmã para falar isso, ela ainda estava meio perdida porque nem sabia que a mãe já estava no hospital para ganhar Cauã, nosso irmão. O tempo ia passando e eu cada vez mais preocupado, nenhuma notícia, nenhuma ligação, nada. De repente apareceu novamente na televisão: "O jatinho da família Ghenker..." dessa vez eu consegui ouvir um pouco, era alguma coisa de avião, fui correndo no meu quarto para ver a notícia. A descrição do jornal dizia: "Jatinho que sofreu queda hoje mais cedo é encontrado. Ainda não há provas de sobreviventes." fiquei desesperado com aquilo, será que era o que minha mãe estava? Ou será que eu tinha ouvido errado e não era o da minha família? De qualquer forma eu estava muito preocupado. Tentei fazer algumas ligações, mas sem nenhum sucesso, a noite estava chegando e nada de notícias do meu pai, e muito menos de minha mãe. Eu e Nattasha, minha irmã, estávamos com medo de ficar naquele lugar sozinho, ainda mais sabendo que havia uma probabilidade de nossa mãe ter sofrido um acidente, mas sempre tentávamos pensar positivo. Era madrugada quando meu pai chegou, Nattasha estava dormindo e meu pai levou-a para o carro e mandou eu ir também, ele parecia estar abatido, mas não falava nada. Resolvi perguntar o que estava acontecendo, ele simplesmente ignorou e nos levou para o aeroporto, onde estava um avião pronto para partir. Entramos naquele avião vazio que estava reservado especialmente para nós e partimos para casa. Depois de aproximadamente 9 horas de võo chegamos no destino, no aeroporto que pousamos estava toda minha família e alguns empregados. Eu estava extremamente confuso, até que meu pai começou a chorar e a governanta começou a falar... Próximo capítulo: Clique aqui! (Continua)
  21. Caso não tenha lido o primeiro capítulo, clique aqui! Assim que meu pai chegou, vi que ele estava com uma caixa diferente, um tanto quanto estranha, fique curioso e resolvi perguntar: - Oi papai! Que saudades... O que você trás nessa caixa azul ? - Oi filho, também estava com saudades... Aqui trago o mais novo integrante da família, o Tobi! O cãozinho era adorável, no instante que olhei para ele percebi que seríamos grandes amigos. Assim que meu pai abriu a caixa, a primeira coisa que o cachorro fez foi vir até mim, fiquei encantado com aquilo, por um momento havia esquecido de tudo. Então começaram a me contar as novidades: - Filho, além desse novo integrante, tem mais um a caminho. - disse meu pai sorrindo. - Como assim? - respondi curioso. - Estou grávida, filho. Em breve você terá um novo irmãozinho! - disse minha mãe interrompendo nossa conversa. No momento estava tão feliz que fiquei paralisado, nunca havia ficado tão feliz. Não tinha como melhorar nossa noite, exceto com a presença de Mattheus, meu falecido irmão. A noite estava passando muito rápida, e quando fomos dar conta já era 09:58 da manhã, só estava acordado eu e meu pai. Passaram-se em torno de 4 minutos quando alguém bateu 3 vezes na porta. Quando meu pai abriu, vimos que era um homem diferente, nunca tínhamos visto antes, porém estava com o uniforme de nosso prédio. Então ele se apresentou de uma maneira arrogante: - Olá, sou o novo síndico do prédio. Estou aqui pois vocês nos devem 5 meses de aluguéis, caso não pague até o final do dia, serão despejados. A felicidade do meu pai foi logo embora, ele já estava ciente dos aluguéis atrasados, mas não achava uma forma viável de pagar. Meu pai respondeu tentando se explicar: - Senhor, não tem como esperar mais uma semana? Estou sem emprego... - Não! Vocês já tiveram o tempo suficiente para ter pago tudo, se não pagar até o final do dia já sabem. Passar bem. - e bateu a porta na cara de Jace, meu pai. Após isso todos ficamos nervosos, meu pai não tinha saída, e teríamos de nos mudar de alguma forma. Por sorte minha mãe tinha uma tia-avó bastante rica, mas ela era mal humorada e não se dava muito bem com ninguém. Minha mãe ligou a ela e contou toda história, por mais que ela não fosse a melhor pessoa do mundo entendeu e fez questão de oferecer sua casa para nós morar. Ao anoitecer arrumamos todas nossas coisas e fomos para nossa nova casa, meus pais não estavam gostando muito da ideia, mas eu estava adorando, seria muito bom para mim conhecer coisas novas e sair da rotina triste que era minha vida. Quando chegamos na mansão, dois empregados vieram abrir aquele gigantesco portão de madeira, assim que entramos dentro da casa, uma gentil moça veio nos receber e mostrar nossos novos quartos. Eu estava maravilhado com o tamanho daquilo, não fazia ideia de quantos cômodos tinha lá, nem mesmo quantos carros haviam na garagem. O primeiro quarto que a governanta apresentou era o meu, ele era simplesmente perfeito, então já fiquei ali, nem tive curiosidade de saber como era o quarto dos meus pais e minha irmã. O quarto era enorme, parecia do mesmo tamanho do meu antigo apartamento inteiro. Logo reparei que havia uma enorme varanda canto do meu novo quarto, quando fui ver o lado de fora, vi que na parte de trás da casa havia um campo de futebol e uma piscina, mas com grades de difícil acesso. Estava tão maravilhado com aquilo que até me esqueci de Tobi, quando lembrei fui imediatamente a procura de meus pais para saber das malas, por sorte o cãozinho estava com eles. Após isso fui deitar-me a espera da hora do jantar para conhecer a minha nova família. Chegou a hora do jantar e eu ainda estava dormindo, de repente apareceu na minha porta um mordomo mal encarado, ele me chamou e logo que o vi levantei no mesmo instante. Ele pedia para que eu me arrumasse imediatamente para o jantar, pois eu estava atrasado. Quando cheguei na mesa fiquei encantado com a quantidade de comida que tinha lá, e eu morrendo de fome sem comer há dias. No canto daquela gigantesca mesa retangular tinha uma senhora, ela parecia debilitada. Ao lado esquerdo dela estava minha mãe e meu pai, e o meu reservado do outro lado, entre o de minha irmã e da velha senhora. Então sentei-me e apresentei-me para aquela mulher, ela apenas sorriu e pediu para os empregados trazerem a entrada. Ao finalizar nossa refeição, estava decidido a me retirar pois o clima não estava muito agradável, então me despedi de todos e quandou me levantei ela interrogou: - Está com pressa? Eu respondi com um certo medo: - Não, só estava... - ela me interrompeu dizendo: - Fique! A senhora então se apresentou dizendo: - Olá, Josh. Me chamo Enma, a dona dessa propriedade e tia-avó de sua mãe. Desculpe a indelicadeza por minha parte no momento de sua apresentação. Ela parecia ser simpática, então todos nós começamos a falar da vida e contar piadas. Ficamos até a madrugada rindo e comendo, até decidirmos que já estava mais que na hora de dormir. No dia seguinte quando estávamos fazendo nossa primeira refeição, perguntei à Enma: - Enma, eu reparei que há uma piscina atrás do meu quarto, mas ela só fica fechada. Qual o motivo? Ao fazer essa pergunta minha mãe logo olhou para meu rosto com uma cara nada amigável, e a senhora começou a contar toda história... Próximo capítulo: Clique aqui!
  22. Anjoh

    HISTÓRIA Losses of Memory

    http://i.imgur.com/x4PfCao.png Mesmo sabendo que um dia a vida acaba, a gente nunca está preparado para perder alguém. ~Nicholas Sparks Meu nome é Josh. Sou um cara diferente, estranho. Às vezes eu penso no quão bom seria voltar no tempo para consertar meus erros, daria qualquer coisa para isso acontecer. "Errar é humano", mas não no meu caso. Eu estava sozinho em casa sentado no sofá da sala pensando na vida, como tudo estava indo, os problemas financeiros que minha família estava passando, e lembrando de meu irmão quando ele ainda estava vivo. Lembrava do cheiro dele, das brincadeiras que ele fazia logo de manhã quando íamos para a escola, da preocupação que ele tinha para impressionar Gusttavo, o garoto que ele gostava, e eu só sabia zoa-lo por ser homossexual. Às vezes fico me perguntando, se eu tivesse evitado toda aquela humilhação a ele no colégio por causa da sua sexualidade, perto de todos nossos amigos, ele não teria entrado em depressão e se matado? Eu nem ficava do lado dele nos momentos difíceis, não ouvia ele desabafar, eu era a única pessoa que ele confiava e eu não dava a mínima. A dor estava insuportável naquela noite, então resolvi ir deitar-me para tentar dormir, mas o sono não vinha de forma alguma. Eu observava o relógio do meu quarto atentamente, os ponteiros eram as únicas coisas que me faziam esquecer um pouco de todos os problemas que eu vinha passando diariamente. Por mais que aquilo parecesse entediante, eu não me importava, simplesmente não ligava para mais nada, nem mesmo minhas redes sociais faziam com que eu esquece um pouco da vida, muito pelo contrário, aquilo só me deixava mais para baixo, queria distância da internet e das pessoas que diziam ser amigo, exceto o Fabrício, meu único e melhor amigo. Os ponteiros marcavam 03:37 da manhã quando meus pais chegaram, eu conseguia ouvir toda aquela risada que ecoava por aquele gigantesco corredor de nosso apartamento, parecia da minha mãe, achei estranho ela estar tão risonha depois de passar por tantos problemas, então resolvi ir encontra-la. Assim que ela me viu ela gritou: -JOSH! - então eu respondi: - Olá, mamãe. Do que se trata toda essa felicidade? - Entre meu filho, ocorreram muitas novidades boas nessas 2 semanas que passamos fora. - Cadê o papai e minha irmã Martha? - Eles estão pegando as malas, já já eles sobem. Vou esperar eles para te contar as novidades, você vai adorar! Eu não estava dando a mínima para as notícias que eles queriam me contar, mas me fazia de interessado apenas para não acabar com aquela felicidade que minha mãe estava tendo, eu sabia que não ia durar por muito tempo, então deixei ela com aquela ilusão. Do contrário do que eu imaginava, as notícias realmente eram boas... Próximo capítulo: clique aqui!
  23. FeliphAG

    Brincadeira

    A Brincadeira que nós vamos fazer é o seguinte, cada player continua a história com uma frase, ok ? Era uma vez...
  24. Depois que tayller afundou na lava, Giih sobe até a terra firme, e ao chegar já tenta atacar Ender que já esperava um ataque de Giih, ele se vira, desvia do soco de Giih e o pega pelo pescoço. Ender: Como ele pode ter escapado? Será que Tayller se sacrificou no seu lugar?- PENSOU Anny: Droga, não posso deixá-lo morrer, preciso dele vivo. Se bem que, se eu fazer qualquer movimento brusco, aqueles três irão tentar me impedir. É o jeito, não tenho outra opção. Anny: Star Fall! Anny a magia que causou sua morte há muitos anos atrás em sua luta contra Dark por estar muito ferida, e então o objeto muito semelhante a uma estrela e com o tamanho de um meteoro começa a cair do céu. ?: O que? Esse poder de novo não - PENSOU Thalia: Gente, o que é aquilo? Zilua: Não sei, é um meteoro? ?: É, mais ou menos, não tenho tempo pra explicar, segurem-se. Ender olha para cima e vê o que estava prestes a lhe atingir. Ender: Que decisão mal pensada, giih ainda está comigo - PENSOU É nessa hora que Giih consegue usar sua magia de teletransporte e aparece ao lado de Anny quando o objeto já estava bem perto de Ender. Quando tudo parecia perdido, era o fim, uma pessoa aparece na frente de Ender e usa o shield of faith para proteger Ender, o objeto toca a defesa da pessoa causando uma grande explosão seguida de um vento muito forte por causa da explosão, fazendo com que até mesmo as pessoas que estavam do outro lado da cidade enxergassem o barulho e o clarão causado pela magia de Anny. Lara: Chegou sua hora, Anny - Diz Lara, após o efeito da magia passar Ender: Lara? - Diz Ender, surpreso e emocionado Thalia: Aquela é a Lara? Zilua: Espera, Lara não é a garota que perdeu a memória? Thalia: Como você sabe disso? Zilua: Ender me contou... mas porque ela o defendeu? Ela recuperou a memória? Se sim, como? ?: Isso não importa agora, o que importa é que a amiga de vocês está de volta. Ender: Lara... você apareceu na hora certa. Lara: Pois é, eu sempre sou assim né? - Dando uma pequena risada logo em seguida Lara: Espera... que poder é esse vindo de você? Ender: Eu consegui ativar o Spirit nível 3... - INTERROMPIDO Lara: O que? Desfaça-o agora, se você usá-lo até o fim vai morrer logo em seguida. Ender: Não posso, essa é a nossa única chance. Lara: Mesmo que nos livremos deles, do que vai adiantar já que você vai morrer logo depois? Pare com isso agora, por favor! Ender se rende a preocupação de Lara e faz com que a magia pare, logo em seguida ele se sente fraco e cai no chão, com a visão embaçada e tossindo sangue. Ender: Eu vou morrer? Lara: Não, mas vai ter que ficar deitado por um tempo, esse é o preço por usar essa magia. Anny: Giih, seus summons foram destruídos. Giih: Infelizmente sim, Ender os destruiu. Anny: Uma pena que eu não posso dividir os meus com você... está exposto agora, tome cuidado. Giih: Não se preocupe. Anny: Poderia ser diferente garotos... nos deixe em paz, caso contrário vamos terminar de matá-lo. Ender: Não escute eles Lara... não podemos deixá-los prosseguir com esse plano. Lara: De um jeito ou de outro eu não iria dar ouvidos mesmo. Ender: Espera... onde está Kill? Lara: Foi uma longa batalha... ele está vivo, cedo ou tarde ele aparece. Giih olha para Anny e diz: Giih: Eles já estão certos de que nos impedir é o melhor a se fazer, nossas palavras não irão adiantar. Anny: Que ótimo... bom, a escolha é deles. Quando Anny se preparava para avançar e alcançar Ender, a figura ressuscitada chama sua atenção. ?: Anny... Anny olha para trás e diz: Anny: Depois eu cuido de você. ?: Não posso perder tempo, tenho que ajudar essa cidade que Ender quase morreu tentando salvar. Giih olha para trás e alerta Anny Giih: Ele está agindo. Anny: Giih, mudança de planos, termine de matar Ender, eu cuido desses três. Giih: Acha que consegue? Anny: Eu sou uma deusa, eu posso tudo. Giih: Uma deusa que morreu pra um templário há alguns anos atrás... se você morrer, não irei conseguir te ressuscitar por não ter mana e não conseguirei fugir também. Anny: Foi um momento de desespero, apenas faça o que tem de ser feito, estamos mais perto do que nunca de transformar esse inferno em uma maravilha. Anny se vira e foca seu olhar no elfo negro ressuscitado e então diz Anny: Você vai ser o primeiro. ?: É o que vamos ver. Anny: Dark... Dark: Anny... E ao mesmo tempo os dois falam: Dark/Anny: Você morre aqui! Anny e Dark criam o Lightning Strike e os joga, fazendo com que as duas magias se encontrem no meio do caminho causando uma pequena explosão. Ambos avançam, suas espadas se chocam e eles ficam parados por alguns segundos, um olhando no olho do outro. CONTINUA... E então, de qual lado você está? AVISO: Sei que demorei muito para postar esse episódio, aconteceram coisas nas últimas duas sextas que me impediram de postar, e hoje eu também não iria postar por ter tido um dia muito ruim, mas vi que ia ser injusto pra quem estava esperando a mais de duas semanas... peço desculpas (desculpas se estiver muito pequeno também) s2
×
×
  • Criar Novo...